CRÍTICA: É Aquilo Que A Globo Chama de Grande Programa da Fátima Bernardes?

Fátima Bernardes durante coletiva de seu novo programa Fátima Bernardes durante coletiva de seu novo programa (Divulgação/TV Globo)


Bem, minha gente, vamos deixar bem claro que, quando o projeto é grande, a gente espera grande resultado.
Então a decepção acaba sendo grande também.
Ninguém pode achar que a Globo não tem grade de programação.
Tem a mais completa grade que uma emissora pode ter.
E desta forma, também é a maior emissora do Brasil.
Então ela deve ser entendida como sendo a maior do Brasil.

É inaceitável que a maior emissora do Brasil faça tanta propaganda sobre um programa pra mostrar aquilo que aFátima mostrou, ou seja, um programa mediano e discretíssimo, igual aos programas matutinos das outras emissoras.
E conseguiu ser pior que o Hoje em Dia.

Acreditem, contaram-me que o programa da Fátima tem 8 redatores.
Mas ter 8 redatores pra fazer aquilo é melhor nem ter.
Entra e vai no improviso.
Mas vem a questão de que Fátima desconhece a palavra improviso.
Ela passou a vida lendo notícia de jornalismo na bancada.
Agora, caminhando pelo palco, não tem noção de dinâmica de palco.
Nem tem voz pra isso, pois sua voz é discreta.

O conteúdo final do programa deveria ser carimbado por um diretor.
Se, na Globo, aquilo é o que de bom eles têm a fazer, seria melhor terem esperado até o ano que vem e criar um novo jornal pra Fátima.
O certo, às 10h30 da manhã, é criar um jornal do meio da manhã pra Fátima e encher de notícia de qualquer jeito, algumas reais e outras de comportamento.

Fátima me fez lembrar o Sérgio Chapelin quando deixou a Globo pra ir fazer show de palco no SBT.
O resultado foi que ele se frustrou tanto que acabou voltando pra Globo e fazendo de novo o Jornal Nacional.
Assim está a Fátima.
Ela ficar melhor no programa dela não é questão de tempo.
Depois de tantos anos de TV, ela faz bem o que sabe e não vai aprender o que não sabe.
O ibope do primeiro programa foi interessante, mas vai ser outro, depois.
Ela vai acabar perdendo do desenho do SBT.

Quanto ao Hoje em Dia, da Record, o pessoal deu ibope lá porque todos estavam esperando uma briga entre Chris Flores e Ana Hickmann, depois que as duas foram obrigadas a ficar lado a lado, mesmo depois do marido de Ana ter falado coisas terríveis contra a Chris.
Aliás, se a Record tem um filme chamado Todo Mundo Odeia O Chris, poderia lançar um filme com o marido da Ana Hickmann, de nome Eu Odeio A Chris.

Enquanto isso, a querida Ana Maria Braga dá show de cozinha e mostra coisas boas.

Escrito por James Akel 

Torcida contra a Fátima Bernardes vem de dentro da Globo

Fátima Bernardes durante coletiva de seu novo programa Fátima Bernardes durante coletiva de seu novo programa (Divulgação/TV Globo)

Programa de Fátima perde fôlego e gera ciúmes na Globo…

Comunicar erro Imprimir Embora boa parte da crítica televisiva tenha detonado o conteúdo e as atrações da estreia de “Encontro com Fátima Bernardes”, a apresentadora deve se preocupar mais é com a torcida contra dentro da Globo, e não fora.

Em seu segundo dia de exibição, a atração matinal da Globo já perdeu cerca de 30% de audiência. Nos números de ibope em tempo real, “Encontro com Fátima Bernardes” nesta terça-feira (26) empatou com os desenhos do SBT em 7,2 pontos.

Na estreia havia marcado 10,5 (dado consolidado). Cada ponto vale por 60 mil domicílios sintonizados na Grande SP.

A coluna conversou ontem com alguns funcionários de produções de programas globais. Pedindo anonimato (claro), boa parte fez críticas não ao programa, mas ao “favorecimento” que emissora vem dando à colega.

Vejam alguns depoimentos gravados (em off) para o programa Ooops!.

“Quando a gente quer entrevistar um ator de novela, e pode ser até de ‘Malhação’, é como se fosse outra novela: tem que falar com diretor, produtor, pedir autorização para assessor, ‘pagar sapo’ na porta do estúdio, e nem assim às vezes a gente consegue. No caso da Fátima, basta ela estalar os dedos que a estrela vai aparecer na hora combinada e entrar ao vivo. Assim fica fácil…”

“Me diga em que programa da Globo você já tinha visto a redação do ‘JN’ e seus funcionários sendo apresentados pelo próprio editor-chefe. Sei que há relação de parentesco, mas TV não é nepotismo. Sabe quantas vezes Bonner já foi convidado para aparecer em programas desta casa? Milhares. Quantas vezes ele foi?”

“Eu gosto da Fátima, acho que ela é uma superprofissional, maravilhosa, mas quando se tem toda a infraestrutura de uma casa como a Globo à disposição, fica bem mais fácil fazer TV. Espero que ela tenha sucesso, porque o programa também gerou empregos.”

O Programa Ooops! também quer saber sua opinião sobre o programa, que estreou ontem com cerca de 10 pontos de ibope na Grande São Paulo.

Ricardo Feltrin, colunista do UOL

Fátima Bernardes estreia levantando Ibope da Globo

Estreia de hoje da Globo, “Encontro com Fátima Bernardes” teve média de 10,1 (prévia do Ibope). O horário costumava dar à Globo média de seis pontos, com a “TV Globinho”. Na faixa – das 10h37m ao meio-dia em ponto -, o SBT ficou em segundo lugar, com 7,3; e a Record, em terceiro, com 5,6.

O programa tratou de adoção, mostrou um grupo de amigos que fez sua primeira viagem internacional e falou de depilação masculina.

 

O Globo

Crítica: “Encontro” Com Fátima Bernardes é bem produzido, mas chato

Fátima Bernardes durante coletiva de seu novo programa Fátima Bernardes durante coletiva de seu novo programa (Divulgação/TV Globo)

Chato. É a primeira impressão que ficou na estreia de Encontro com Fátima Bernardes. A Globo trabalhou durante meses no programa e no fim de semana intensificou a divulgação nas várias atrações da casa. O resultado se refletiu na audiência.

O programa de Fátima é, sem dúvida nenhuma, bem produzido: cenário caprichado, boas reportagens e tem todo o suporte do canal, mas nada disso evita o sentimento de que a coisa toda é meio chata, entediante. Encontro tem um cenário escuro e dá a impressão de ser apresentado à noite. Isso ajuda a “esfriar” tudo. A apresentadora se mostrou firme, segura, mas pouco à vontade, com pouca improvisção.

Os temas também são batidos: adoção, problemas com malas durante viagens e coisas assim. Quantas vezes já não se falou sobre isso tudo? O que houve de novo sobre os tais temas? Nada. Quer dizer, arma-se uma operação de guerra deste tamanho para a estreia e o que vemos são essas conversinhas? Complicado e impossível de não soltar alguns bocejos.

Não dá para dizer que Encontro entrou pegando fogo. O programa tem um tom morno, é uma conversa chata e nada a ver com o que está na boca do povo. Claro que uma estreia com Fátima Bernardes chamaria atenção, como chamou. Mas ficou realmente faltando aquele algo a mais, aquele momento de ápice, talvez uma certa confusão. Poderia ter o Marquito entrando no meio, o Loro José aparecer voando ou algo do tipo. Precisava de algum chacoalhão, algo que desse a impressão de “uau, valeu a pena esperar por isso”. Mas não valeu, não.

Continuando assim do jeito que está, Fátima periga se juntar aos insossos Mais Você e Bem Estar. E a pergunta que não quer calar: onde veremos o Bob Esponja agora com o fim da TV Globinho?

 

Por Odair Braz Junior

Jornalistas, humoristas e músico fazem parte do “Encontro” com Fátima Bernardes

No Encontro com Fátima Bernardes, que estreia no dia 25 de junho depois do Bem Estar, sua manhã começará com muita informação e entretenimento. Para que você fique por dentro de tudo o que está acontecendo, o programa conta com o time do jornalismo nacional e internacional da Rede Globo, que está sempre pronto para lhe dar as primeiras notícias. Além dos correspondentes, há cinco colaboradores espalhados pelo mundo.

Lair Rennó

Lair Rennó

No palco, o jornalista Lair Rennó vai estar ligado em tudo o que rola na internet. Ele também será o responsável por fazer a ponte entre você e o programa.

Lília Teles, Aline Prado e Gabriela Lian

Lília Teles, Aline Prado e Gabriela Lian

As repórteres Lília Teles, Aline Prado e Gabriela Lian vão trazer matérias sobre os temas mais variados. O trio também vai estar no palco para comentar as reportagens feitas nas ruas.

Marcos Veras e Victor Sarro
Marcos Veras e Victor Sarro

O humor fica por conta de Marcos Veras e Victor Sarro. Além de fazer reportagem na rua, a dupla promete muitas gargalhadas no palco.

Anote na agenda: você tem um encontro com Fátima Bernardes na segunda-feira, 25/06, após o Bem Estar. 

DIVULGAÇÃO – REDE GLOBO