13 Reasons Why: Seriado que aborda o lado negativo do bullying, mas não o do suicídio

É realmente deprimente o seriado. Se for mal interpretado, deixa de ser um meio de expor a realidade hipócrita da sociedade, para um meio de reforço e apoio ao suicídio. 
Não fica claro em nenhum momento que suicídio não é uma saída, aliás, embasa  ‘muito bem’ os motivos de comete-lo. 
A série é altamente não recomendado para jovens que sofrem de bullying, pois aos perdidos, podem ver no suicídio, a saída que precisava.

Canal Nickelodeon comemora liderança de suas séries na TV por assinatura.

Segundo dados consolidados, o grande destaque foi a série The Thundermans, que fala sobre o cotidiano de uma família de super-heróis que esconde seus poderes para tentar viver uma vida normal. 
No dia 7 de março, na faixa das 20 horas, o seriado infanto-juvenil alcançou o primeiro lugar do ranking geral da TV por assinatura com 3,4 pontos de audiência na TV paga, vencendo inclusive canais abertos como Band e RedeTV!. 
No mesmo dia, as séries Henry Danger (nas faixas das 19h, 20h30 e 23h30) e a clássica iCarly (às 22h e 22h30) também alcançaram a liderança e fizeram com que a Nickelodeon figurasse no topo da lista dos canais mais vistod da TV paga durante praticamente a noite inteira.
Antes, a série protagonizada por Miranda Cosgrove já havia chegado à liderança no dia 6, nas faixas das 22h30 e 23h, e conseguiu repetir o feito no dia 9 às 23h, no dia 10 às 22h30 e no dia 11 às 22h.
Henry Danger, por sua vez, também colocou a Nickelodeon na liderança no dia 9, às 23h30, no dia 10 no mesmo horário e no dia 11 nas faixas das 21h30 e 23h.
Os números são bastante importantes para a Nick na briga feroz de audiência dos canais infantis. Cartoon Network e Discovery Kids normalmente são os campeões de Ibope, com Gloob, Nickelodeon e Disney Channel ficando para trás. 
Atualmente, o Gloob tem dado mais trabalho para o canal infantil da Viacom. Com o desenho Miracolous – As Aventuras de Ladybug, a emissora infantil da Globosat tem conseguido ficar no Top 5 de canais mais vistas.

TV paga brinca com telespectadores e exagera nas repetições

Não é de hoje que as TV por assinatura repetem atrações ao longo da programação, mas nos últimos tempos, nota-se que isso tomou proporções além do aceitável.
Ontem mesmo, o canal TLC exibiu duas vezes seguidas o mesmo episódio de Pesadelo na Cozinha e MasterChef Brasil.

Por que razão?

Não podiam ter jogado para mais adiante ou madrugada?
Canais de filmes e séries também não fogem à regra: compram pacotes recheados de produtos, mas chegam ao cúmulo inacreditável de exibir 3 vezes no mesmo dia. Absurdo.
Isso sem contar os longos intervalos comerciais, em TVs que pagamos nada barato para fugir justamente disso.
Existe pacotes de R$ 400,00 mensais em algumas operadoras, e no final, tem que aguentar repetições e infomerciais interminável.
É interessante observar, contudo, que as agências regulatórias ignoram completa e solenemente esse descaso das programadoras, mas adoram se meter no que nós podemos ou não assistir.
Seja com a Classificação Indicativa (que felizmente deixou de ser obrigatória no fim do ano passado), à criação de cotas para exibição de programas nacionais, que quiçá, poucos querem ver.
No final das contas, nós estamos a mercê das programadoras, e parece que não há nada para fazer além de sentar e chorar.
É o fim da picada.

SBT:”Primeiro Impacto” sofre boicote e chega a zerar em duas capitais. 

“Primeiro Impacto” sofre com “Boicote” do público do SBT e chega a empatar por alguns minutos com desenhos da TV Cultura nesta sexta-feira em São Paulo (24/03). Na capital capixaba e em Curitiba o jornalístico policial chegou a zerar, com 0.9 e 0.6 de média.

.

Fracasso na audiência, edição vespertina do “Primeiro Impacto” pode ser cancelada ainda hoje.

.

O SBT estreou de última hora, na tarde desta quinta-feira (23), a edição vespertina do telejornal “Primeiro Impacto”, apresentado por Dudu Camargo e Marcão do Povo. Com índices baixos na audiência, a atração poderá estar com os dias contados.

.

Sendo exibido das 11h55 às 15h00, o jornalístico registrou na última quinta-feira apenas 4.7 na audiência, sendo visível uma queda em torno dos 40% na audiência comparado com a semana anterior, enquanto a emissora exibia o “Bom Dia & Cia” e “Clube do Chaves”.

.

Já nesta sexta (24), em seu segundo dia, o programa já chegou a perder para TV Bandeirantes em seus primeiros minutos, com quase dois pontos de vantagem, na apresentação de Eduardo Camargo.

Segundo informações, Silvio Santos até gostou do modelo, em que foi feito por Dudu e Marcão. No entanto, não tem certeza de deixar o programa no ar devido os índices apresentados. Tudo será decidido na tarde desta sexta-feira se o “Primeiro Impacto” volta ou não para as manhãs, a partir de segunda (27).

SBT está negociando com a Nickelodeon.

SBT está negociando com a Nickelodeon e Band para exibir “Icarly” no lugar de “Kenan & Kel” nas suas tardes.
SBT já tem uma parceria com a Nickelodeon, e irá exibir 3 Séries no horário que já tem praticamente “Icarly” a Série “Sam e Cat ” e em breve decide o terceiro escolhido.
e deve pintar em breve! na tela do SBT às Séries da Nickelodeon para divertir o público!

Plataforma Netflix trabalha para oferecer serviço em hotéis e aviões.

Bill afirmou que já fechou parcerias com redes áereas e de hotelaria nos Estados Unidos. Seria uma adição ao recurso de assistir offline. Tudo isso para facilitar a vida do assinante, e detalhe: sem custo adicional. 
Não estamos fazendo isso como um meio de hotéis ganharem mais dinheiro sobre os clientes. Nossa intenção é que seja um benefício”, explica o executivo.

Bullying, sumiço de atrizes e cancelamento repentino: os segredos da série “Eu, a Patroa e as Crianças”. Porque a atração acabou?

1 – Originalmente chamado My Wife and Kids, o seriado estreou no dia 28 de março de 2001, na emissora norte-americana ABC. Foram 123 episódios ao longo de 5 temporadas, com o último capítulo sendo exibido em 17 de maio de 2005.
2 – Na TV brasileira, a obra foi exibida inicialmente pelo canal pago Sony, também sendo exibido na TV por assinatura pelo Disney Channel. Mas sua maior popularidade se deve às exibições no SBT, onde estreou em 2002 e ganhou o título traduzido.
3 – Ao longo dos anos, a emissora reprisou a produção inúmeras vezes, exibindo a obra em diferentes dias da semana e horários.
4 – A sitcom conta a história de Michael Kyle (Damon Wayans), homem de meia-idade que teve origem humilde, mas venceu na vida e é dono de uma empresa de caminhões. Casado com Jay (Tisha Campbell), ele enfrenta os desafios de liderar uma família composta por três filhos.
5 – Os filhos do casal são o ingênuo Junior (George O. Gore II), a temperamental Claire (Jazz Raycole e posteriormente Jennifer Nicole Freeman) e a esperta Kady (Parker McKenna Posey).
6 – A trama se passa em Stamford, cidade que existe de verdade e é localizada no estado norte-americano de Connecticut.
7 – Claire, a filha de Michael e Jay, foi interpretada por duas atrizes diferentes. Inicialmente, a personagem era vivida por Jazz Raycole, que foi substituída após a primeira temporada.
8 – A troca ocorreu devido a uma decisão da família da atriz, que optou por não renovar o contrato da jovem, após saber que a segunda temporada mostraria sua personagem envolvida em uma trama na qual sua amiga Charmaine (Raven-Symone) apareceria grávida.
9 – Assim, a partir do segundo ano da série, Claire passou a ser vivida por Jennifer Nicole Freeman. A troca de atrizes é satirizada no primeiro episódio da segunda temporada, em uma cena na qual Michael vê sua filha e menciona que há algo de diferente nela. 
10 – O seriado passou por outra troca de atrizes. Na terceira temporada, Meagan Good aparece várias vezes como Vanessa, namorada de Junior. No ano seguinte, a personagem passa a ser interpretada por Brooklyn Sudano, filha da cantora Donna Summer. Dessa vez, a troca não foi explicada oficialmente nem satirizada.
11 – A terceira temporada é marcada pela chegada de outro personagem importante, o garoto prodígio Franklyn (Noah Gray-Cabey), que se considera o namoradinho de Kady.
12 – No final da terceira temporada, Junior repete a história de Michael e engravida sua namorada, mesmo ainda não tendo condições de sustentar uma casa.
13 – Damon Wayans já declarou que o seriado foi inspirado em The Cosby Show, sitcom transmitida de 1984 a 1992 pela NBC.
14 – A série foi produzida pela Wayans Bros. Entertainment, companhia que pertence a Damon Wayans e a seus irmãos. A empresa também produziu outros sucessos nos quais a família esteve envolvida, como os filmes da série Todo Mundo em Pânico.
15 – Assim, diversos membros da família trabalharam na produção do seriado, em funções como roteirista e diretor.
16 – O personagem Michael Kyle ficou no 27º lugar na lista Os 50 melhores pais da história da TV, publicada em 2004 pela revista TV Guide.
17 – Ao contrário da maioria das sitcoms, esta não teve nenhum episódio temático relativo a alguma data comemorativa, como Natal ou Halloween. Isso se deve ao fato de Damon Wayans ter sido criado como Testemunha de Jeová e não celebrar tais datas.
18 – Outro diferencial de Eu, a Patroa e as Crianças é a falta de uma sequência de abertura e de música tema, fatores muito comuns em séries do gênero.
19 – Ao longo das cinco temporadas, a série recebe diversos convidados. Vários deles são do mundo do basquete, como Michael Jordan e Shaquille O’Neal.
20 – A série ganhou diversos prêmios, em eventos como BET Comedy Award, People’s Choice Award e Young Artist Award.
21 – A relação de Michael com seu filho Junior era marcada por divertidas discussões, onde o filho defendia novidades como raps violentos, enquanto o pai tirava sarro do rapaz, sempre se referindo ao tamanho de sua cabeça. Apesar destas piadas serem alvo de críticas da imprensa, que afirmava que o personagem cometia bullying contra seu primogênito, isto nunca incomodou os fãs.
22 – O título do seriado foi alterado ao redor do mundo, recebendo diferentes significados, como: Ma Famille D’abord (Minha Família em Primeiro Lugar) no Canadá, Meidän faija (Nosso Pai) na Finlândia, What’s Up, Dad? (E aí, papai?) na Alemanha.
23 – Na Itália, o nome se tornou Tutto in Famiglia (Tudo em Família), enquanto na Hungria a tradução era Életem értelmei (O Sentido da Vida). Já em Portugal, o título escolhido foi Patriarca com Estilo.
24 – No 20ª episódio da quinta e última temporada, Jr.’s Cartoon, Junior ganha um concurso de animações. Seu desenho animado é baseado na vida de sua família e parodia a própria série.
25 – Em The ‘V’ Story, 26º episódio da quinta temporada e capítulo final da série, Jay tenta convencer o marido a se submeter a uma vasectomia. Quando finalmente Michael topa a proposta, o casal descobre que a mulher já está grávida e que uma nova criança está a caminho.
26 – O último episódio não foi planejado para encerrar a série, mas sim para deixar um gancho (a gravidez) para uma próxima temporada. 
27 – Porém, a produção foi cancelada na véspera da exibição do capítulo, que acabou se tornando o último de todos.
28 – Na época, a ABC não se pronunciou oficialmente a respeito dos motivos para o cancelamento.
29 – Nos meses seguintes ao final da série, a mídia divulgou rumores de que a obra poderia ganhar uma sexta temporada no canal ABC Family, o que nunca aconteceu.
30 – O seriado segue sendo transmitido nos Estados Unidos, em diversas emissoras, através do sistema de syndication.
TV História