Publicitário diz como derrotar Bolsonaro na eleição de 2018.

Redator publicitário diz como derrotar Jair Bolsonaro na eleição de 2018.
.
O redator Lucio Caramori fez um ótimo texto no Twitter sobre como lidar com Bolsonaro nessas eleições.
.
“Resolvi usar minha experiência como redator publicitário e de campanhas eleitorais pra escrever um pequeno guia aqui: COMO DERROTAR JAIR #BOLSONARO NAS ELEIÇÕES 2018. Veja bem: é a forma como EU vou abordar o assunto. Sinta-se à vontade para fazer ou não.

Primeiro e MAIS IMPORTANTE ponto: a luta não é para mudar a opinião dos Bolsonaristas. É PARA GANHAR OS INDECISOS. Desista de mudar o voto de quem age por ódio, e não razão. Melhor mostrar a quem não decidiu ainda o quanto a opção Bolsonaro é um retrocesso perigoso.

Por mais absurdo que seja, os comportamentos RACISTA, HOMOFÓBICO, VIOLENTO do candidato não me parecem os melhores argumentos contra ele. Infelizmente, existe uma tendência mundial em relevar essas atitudes. O que interessa é SEGURANÇA, EMPREGO, SAÚDE.

O argumento que ele não fez NADA pela segurança do Rio de Janeiro em 30 anos de mandato vai ser mais eficaz do que comentar que ele espancaria o próprio filho se fosse gay. Porque ele sempre se vendeu como pulso firme contra a violência e não como defensor de minorias.

Um tema que acho que pode ser uma exceção é o comportamento MISÓGINO dele. Mas, mesmo assim, me refiro à gravação onde ele diz que mulheres merecem ganhar menos no trabalho. Em uma época de crise dessa, nenhuma mulher escuta isso e acha bonito.

Esqueça essa bobagem de “Não fale do bicho papão que ele desaparece”. Os eleitores deles vão continuar berrando, espalhando ódio e convencendo os indecisos no grito. Precisamos ser uma voz CONTRÁRIA, DETERMINADA, LÚCIDA e INFORMATIVA. O silêncio, nesse caso, será nossa derrota.

Não saia do grupo de WhatsApp da Família, do Trabalho, do Prédio, do Clube por causa de radicais Bolsonaristas. Seja o contraponto. Seja a pessoa que combate as fake news com informação, que aponta o radicalismo, a hipocrisia, as promessas sem planos.
.
E uma sugestão valiosa:
Esqueça a IRONIA, o SARCASMO. As pessoas entendem isso como prepotência. O que está acontecendo é muito sério e os indecisos precisam entender isso. Deixe para os Bolsonaristas a pecha de “zueiros” e aponte o dedo para eles para falar como essa “zueira” pode acabar com o país.

Esse último ponto tem muito a ver com minha lembrança de um debate entre o Cristovam Buarque e o Joaquim Roriz na minha cidade natal, Brasília. Cristovam ironizou o jeito tosco de Roriz falar. E isso pegou muito mal com o eleitorado mais simples.

Outra sugestão: não aponte um outro candidato. Mostre como a preocupação maior é não permitir a eleição de Bolsonaro. Se ele cair no 1º turno, o segundo será entre duas visões de Brasil. Aí sim, cabe discussão. Bolsonaro não tem visão nenhuma.

Bolsonaro é uma ameaça SIM e não acredite em quem diz o contrário. #Trump se elegeu por descuido de formadores de opinião que achavam sua candidatura um espetáculo para a mídia. 30% nas intenções de voto não é pouca coisa e brasileiro adora prestar atenção em quem está na frente.

Bolsonaro PRECISA ser derrotado no primeiro turno. E precisa cair MUITO para ter pouca influência no segundo. Acho que ele é a maior ameaça que a nossa democracia já enfrentou nesses 30 anos. E deve ser encarado como tal.”

Liderança de Lula no Ibope e Datafolha, desmoraliza imprensa.

Liderança De Lula nas pesquisas escancara o descrédito da Globo e da justiça partidária.
.
Por Redação Click Política Em 22 ago, 2018

POR JOAQUIM DE CARVALHO DO DCM:

Este é o dado mais importante da pesquisa Dafafolha divulgada hoje: #Lula cresceu, mesmo estando preso e sem poder gravar vídeo, apenas se comunicando por cartas, como se fosse encarcerado da Idade Média.

Na pesquisa Datafolha divulgada no dia 10 de junho, ele tinha 30%, 9% a menos. Houve crescimento de fato, com variação fora da margem de erro, o que significa que ele atraiu novos eleitores.

Com os demais candidatos, isso não acontece. Jair Bolsonaro, por exemplo, tinha 17% em junho e agora tem 19%, uma variação dentro da margem de erro.

Os demais candidatos também patinam no índice de preferência que vêm registrando nas últimas consultas, apesar da alta exposição.

Além de participarem dos debates, eles são acompanhados por uma equipe da TV Globo em eventos de campanha.

A emissora fez um acordo com os partidos: os cinco primeiros colocados nas pesquisas aparecem todos os dias nos telejornais.

Lula tem um tratamento diferenciado: todos os dias, os apresentadores da Globo lembram que não podem cobrir seus eventos de campanha porque ele está preso, “condenado por corrupção e lavagem de dinheiro”.

Isso é repetido todos os dias, nos quatro telejornais de alcance nacional da emissora. E o que acontece? Lula cresce nas pesquisas.

Já conquistou praticamente metade dos eleitores. Imagine-se como estaria sua popularidade se pudesse se comunicar diretamente com os brasileiros.

É um fenômeno, não apenas pelo carisma — no caso atual, o carisma dele está na mente das pessoas.

Sua liderança nas pesquisas decorre da memória que o brasileiro tem do seu governo, com realizações que melhoraram a vida das pessoas, e do fracasso do programa implantado pelo governo que retirou Dilma do poder.

Em outras palavras, sua liderança é resultado da força dele próprio e do fracasso do golpe.

Não adianta a Globo jogar seus holofotes para ministros do Supremo, a procuradora Raquel Dodge, o TSE, Sergio Moro, TRF-4, seus comentaristas, todos dizendo a mesma coisa, pau no Lula.

Ele continuará crescendo.

Relacionadas
JUSTIÇA PARTIDÁRIA SE BORRA! Começa a baixaria contra o nome de Haddad; SAIBA!
22 ago, 2018
E AGORA BONNER? DATAFOLHA COLOCA LULA AINDA MAIS LÍDER: 39%
22 ago, 2018
DATAFOLHA: SE BARRAREM LULA, HADDAD PODE TER DE 31% A 49%
22 ago, 2018
Tudo indica que será barrado e não poderá disputar as eleições, em mais um ato de violência institucional, mas, com a força demonstrada até aqui, deve transferir votos para Fernando Haddad e Manuela D’Avila.

E por quê?

Porque Lula encarna a ideia do tempo presente, em que o combate à desigualdade social é a prioridade número 1, até para quem quer um mercado maior e, com isso, possa ganhar mais dinheiro.

O povo sabe e, por isso, ignora a campanha de guerra da mídia.

Já entende que a perseguição a Lula pode beneficiar uma pequena parte da sociedade, mas é ruim para o Brasil.

Enquanto isso, a Globo continuará divulgando a campanha dos demais candidatos que, a rigor, à exceção de Jair Bolsonaro, são todos nanicos — têm um dígito apenas.

Isso faz da cobertura das eleições pela mídia tradicional uma cobertura nanica.

Pode ser divertida, com as manifestações do Cabo Daciolo, mas todo mundo sabe que não é para valer.

O candidato que o metade do Brasil quer está trancado, resultado de uma condenação sem prova e descrição de conduta criminosa.

A seguirem nesta marcha, as instituições brasileiras serão as grandes derrotadas desse processo eleitoral.

Sairão nanicas como os candidatos que habilitam.

Em vez de nos representarem e assegurarem a paz, as instituições decidiram brigar com o Brasil, incorporando o espírito de Sergio Moro.

Tiveram uma vitória efêmera.

Mas não vão triunfar, e a imagem que ficará de seus representantes é a de Cármen Lúcia e Raquel Dogde balançando os quadris, de braços abertos, cantando:

“Não deixe o samba morrer…”

Milhares estarão presentes em ato de registro da candidatura de Lula Presidente

MOVIMENTOS SOCIAIS
Eu sou Lula!
.

Movimentos sociais preparam grande marcha que chegará dia 15 de agosto em Brasília, data em que ex-presidente será oficializado na disputa eleitoral

02/07/2018 18h52 – atualizado às 19h12

Brasília será o palco de mais uma data histórica para milhões de brasileiros e brasileiras em 15 de agosto, dia em que Lula será oficializado na disputa à Presidência da República. Para acompanhar o registro do nome do ex-presidente junto à Justiça Eleitoral,movimentos sociais, partidos de esquerda e centrais sindicais preparam uma marcha que deve sair da cidade de Luziânia três dias antes e terminar com grande ato na capital federal.

A expectativa é que milhares de pessoas, entre representantes de movimentos sociais, comunidades campesinas, artistas e líderes políticos e sindicais acompanhem o trajeto de cerca de 60 Km entre as duas cidades. “Queremos convocar todos aqueles que acreditam na inocência do Lula e que estão na luta contra o golpe e os ataques à democracia. A marcha é um recado de paz para o Brasil”, explica Alexandre Conceição, um dos organizadores do ato e que pertence à coordenação Nacional do MST.

Uma grande mobilização como esta mostra o tamanho da força popular em torno da pré-candidatura de Lula que, mesmo perseguido pela mídia e preso político desde 7 de abril, lidera todas as pesquisas já divulgadas. O povo já escolheu Lulacandidato e vai mostrar sua força durante a caminhada que culminará no registro no TSE.

Ciente do quão importante foram os governos de Lula para as causas do campo, Conceição torce pelo retorno do ex-presidente para acabar com os retrocessos do ilegítimo Michel Temer: “Todo mundo sabe que o único que pode colocar o Brasil de novo nos eixos é Lula. Com ele, os trabalhadores do campo tiveram pela primeira vez a atenção do governo e puderam melhorar as suas vidas. Agora tudo o que conquistamos está ameaçado. Por isso temos que mostrar todo o nosso apoio a ele no dia do registro”.

O coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP), Raimundo Bonfim, vê no ato mais uma prova de que o povo não aceita mais os desmandos do governo ilegítimo de Michel Temer. “Só Lula terá coragem de revogar os muitos retrocessos feitos pelo golpista Temer em tão pouco tempo. Por isso é importante mostrar que o povo não aceita mais medidas como a reforma trabalhista, a entrega do pré-sal entre muitas outras coisas que prejudicaram diretamente a população”, opina Bonfim.

Para a vice-presidenta Nacional da CUT, Carmen Foro, além do peso simbólico de sair às ruas em defesa de um candidato que lidera todas as pesquisas mesmo mantido como preso político, o ato também é estratégico. “Não há como fazer justiça sem ouvir o que o povo quer. E as propostas de Lula estão em sintonia com o desejo da maioria. No ato, vamos estar todos juntos nas ruas de Brasília em sua defesa”, espera.

A presidenta Nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, defendeu a mobilização para registrar a candidatura de Lula. “É muito importante a movimentação que estamos fazendo aqui fora pela afirmação da candidatura de Lula. Queremos reunir milhares de pessoas no dia e, junto com o povo, confirmá-lo na disputa”, conta Gleisi.

Sobre o encontro recente que teve com Lula em Curitiba, Gleisi tratou de animar a militância. “Ele está com a cabeça ótima, com a saúde de um garoto de 25 anos. Mais do que indignado pela atuação doJudiciário ele está preocupado com a situação do Brasil. Das crianças brasileiras, com a falta de autonomia do governo, a soberania do país, com a falta de respeito perante o mundo, com a economia. O povo tem que voltar a ter confiança. É isso que ele quer. O povo sabe porque nós já fizemos isso”, conclui a presidenta.

Por Henrique Nunes da Agência PT de Notícias

Eleição sem Lula, chega 58% de brancos, nulos e indecisos.

.
A quatro meses das eleições os brasileiros parecem ter mais certeza que não querem votar em ninguém, diante dos nomes disponíveis até o momento. O número de brancos e nulos chega a 29%. Somados aos indecisos, o total dos que não têm voto para o dia 7 de outubro fica entre 36% e 40%. Somados aos que não quiseram opinar num cenário sem o #Lula, o número chega a 58%.

Portanto, até a eleição sem definir, nada está certo, até porque 60 milhões de indecisos, Não optaram pelos que sobraram.

Gustavo Vidal

Temer grava com Silvio Santos e Ratinho no SBT

O baú, e uma Sena de golpes. Reforma da Previdência: Silvio Santos e Ratinho se juntam ao Temer para aceitação da população.

O apresentador Ratinho interrompe suas férias de 30 dias no SBT, para fazer seu programa ao vivo, assim entrevistar o presidente Michel Temer.

Temer estará no SBT para gravar o programa Silvio Santos na semana que vem, para convencer a população das mudanças e tentar levantar um pouco da sua popularidade quase zebrada, as vésperas da Reforma da Previdência.

.

Gustavo Vidal – Coluna Alternativa – Blog TV Tudo.

Partido quer Datena como candidato à presidência em 2018

O Partido Republicano Progressista (PRP) tem reunião marcada com José Luiz Datena para tentar lançá-lo como pré-candidato à Presidência da República.

Segundo informações do jornal “Estado de São Paulo”, o partido está bastante interessado em ter o apresentador do “Brasil Urgente”, como seu candidato nas eleições deste ano.

Cabe lembrar que Datena já é filiado ao PRP. Em conversa com o jornal, o comunicador afirmou ter ficado surpreso com a lembrança de seu nome pela legenda.

Ele confirmou que conversará sobre o assunto com o partido, mas que vai recusar o convite, deixando claro que “pretende continuar ajudando a sociedade como jornalista”.