Arquivo da categoria: Globo

PETROLÃO: Globo escancara PT e esconde políticos do PSDB

serra_alckmin_fhc_aecio01

Aula prática de jornalismo.

.
• Aprenda a camuflar o PSDB nas manchetes sobre corrupção.
Dois exemplos::: Exemplo 1 – Globonews.
Em vez de mencionar Governo FHC ou Governo do PSDB, camufle usando o malabarismo “período que antecede o governo petista”.

.GLOBO NEWS 093375832815_789726122915356577_n

.
Exemplo 2 – Folha de S. Paulo.
Em vez de mencionar a sigla do PSDB, proteja o partido tucano usando a expressão “oposição”.Aprenderam direitinho?
.
Fernando Cabral

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Com Gugu e Xuxa, TV Record começa a guerra contra a Globo

Gugu_Xuxa.jpg

No começo dos anos 2000 havia uma torcida numerosa para que a Record conseguisse alcançar a Globo no ibope.

Parecia uma briga entre Davi e Golias pelo fim da hegemonia da emissora carioca na liderança de audiência.

Por uma série de fatores, a começar pela falta de diretores que realmente entendessem de televisão, o canal dos bispos perdeu o empuxo.

Hoje, a Record digladia com o SBT pelo segundo lugar. Em alguns dias, chega a ficar em terceiro no ranking. Aquela vibração popular para derrotar o império da Globo não existe mais.

Com a ótima estreia de Gugu, que venceu a Globo por quase 90 minutos na quarta-feira (25), e a contratação de Xuxa, que será apresentada à imprensa na quinta, dia 5, a Record ensaia uma reação.

Ninguém é ingênuo em acreditar que o apresentador do ‘Pintinho Amarelinho’ conseguirá resultados tão positivos em todos os dias de exibição de seu programa noturno. Mas essa vitória pontual traz novo ânimo à Record para sair da estagnação.

O fato de a Globo ter mexido no horário de sua programação na quinta-feira para evitar novo vexame no embate com Gugu, sinaliza que a concorrência entre os canais voltou a ser relevante.

A guerra entre as emissoras é excelente para o telespectador. De olho no ibope, investe-se mais na qualidade e diversidade dos programas. O principal beneficiado é o cidadão que, apesar de tantas alternativas (canais pagos, internet etc), ainda prefere assistir à TV aberta.

A chegada de Xuxa é outra boa notícia para quem torce pela recuperação da Record. Não há expectativa de que a apresentadora gere uma audiência espetacular.

Porém, só a repercussão na imprensa provocada pela contratação, e a publicidade espontânea de sua estreia, já renderão resultados interessantes à emissora.

Tirar uma das principais estrelas da Globo, às vésperas da comemoração dos 50 anos da emissora, é, antes de tudo, uma astuciosa ação de marketing.

Todos sabem que o conflito entre Globo e Record vai além da audiência. Trata-se também de uma questão ideológica, que envolve poder político.

Para o telespectador, o acirramento dessa concorrência após tantos anos de marasmo é uma boa notícia.

Veja

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

O massacre da TV Record, com Gugu e Suzane Richthofen, diante do São Paulo na Libertadores

GUGU roducao

Massacre da Record, com Gugu e Suzane Richthofen, diante do São Paulo na Libertadores, não é exceção. A Globo vulgarizou o calendário. Está matando o interesse sobre o futebol brasileiro. Por isso sua audiência despenca ano após ano…

ltos executivos da televisão brasileira aprenderam ao longo dos anos. Evitar, de todas as maneiras, levar grandes atrações ao ar quando a concorrente mostrasse futebol. Por décadas foi assim. Afinal, o esporte é o predileto do país. As conquistas, os grandes talentos, as vitórias costumavam prender a família por 90 minutos diante da televisão. Havia a certeza que na manhã seguinte, o jogo seria o assunto principal.

Porém as decepções com a Seleção Brasileira, o estúpido calendário que vulgarizou os jogos dos clubes, a debandada dos craques, o horário cruel das 22 horas, os canais a cabo, os péssimos espetáculos. Esses elementos se juntaram para sabotar o interesse pelo futebol neste país.

Dados demonstram o quanto despencou a audiência da Globo. A dona do monopólio do futebol perdeu cerca de 10 pontos na última década. E o interesse continua caindo. São dados assustadores. Que refletem. Menos patrocínios milionários nas camisas dos clubes, dificuldade de novas arenas como as do Corinthians, Grêmio e Internacional, Atlético Paranaense conseguirem empresas para pagar pelo naming rights. Não há interesse.

Por isso houve tanta festa na Globo quando Corinthians e São Paulo, na semana passada, chegaram a 32 pontos de audiência. A partida, inédita pela Libertadores, bateu a final da Copa do Mundo de 2014. Alemanha e Argentina chegaram apenas a 29 pontos.

O que deveria ser um desestímulo para a concorrência. Por exemplo para a TV Record. A emissora paulista resolveu colocar outra vez no ar, o apresentador Gugu e seu show de variedades. O acerto é que o programa será mostrado às terças, quartas e quinta-feiras.

Como é de praxe, uma atração assim tão cara costuma ter um grande trunfo na sua estreia. E ele tinha. Uma entrevista exclusiva com Suzane von Richthofen. Ela arquitetou o assassinato do pai e da mãe pelo namorado e seu irmão, Daniel e Christian Cravinhos. Na noite do dia 31 de outubro de 2002, o engenheiro Manfred e a psquiatra Marisia von Richthofen dormiam. Foram mortos a pauladas. Depois de matá-los, o trio tentou forçar uma cena de assalto no quarto do casal. Suzane pretendia ficar com a herança dos pais, cerca de R$ 11 milhões.

A trama, cometida no bairro nobre paulistano do Brooklin, foi desmascarada e depois de um dos julgamentos mais comentados na história do Brasil, veio a sentença. 39 anos para Suzane e Daniel. Cristian pegou 38 anos.

O que levou uma jovem loira bonita, dona de uma vida de mordomias a arquitetar o cruel assassinato dos seus pais? A sua versão, depois da condenação, nunca veio a público. A curiosidade aumentou quando ela resolveu se casar com uma detenta Sandra Regina Ruiz Gomes. Condenada a 27 anos por sequestro e morte de um adolescente. Sandra trocou Elise Matsunaga, por Suzane. Elise está presa por ter matado e esquartejado o marido Marcos Matsunaga.

Massacre da Record, com Gugu e Suzane Richthofen, diante do São Paulo na Libertadores, não é exceção. A Globo vulgarizou o calendário. Está matando o interesse sobre o futebol brasileiro. Por isso sua audiência despenca ano após ano…

O caso é trágico, terrível. E desperta a atenção do brasileiro desde 2002. Qualquer dia que a entrevista exclusiva de Suzane, com direito à participação de Sandra, teria audiência.

Se Gugu tem às terças, quartas e quintas para levar ao ar o depoimento, o manual básico da televisão não recomendaria justamente a quarta-feira. Dia no qual a maior concorrente da Record, a Globo estaria mostrando um jogo importantíssimo da Libertadores para a capital paulista. São Paulo e Danubio do Uruguai. Depois da derrota para o Corinthians, o clube tricampeão mundial não poderia sequer empatar o jogo. O interesse deveria ser enorme.

Mas não houve esta preocupação. O futebol não assusta. Pelo contrário. Com a decadência na audiência, o que aconteceu na semana passada foi exceção. E a emissora paulista fez Gugu estrear sem medo. Bater de frente com São Paulo e Danúbio. A grande atração, a entrevista exclusiva de Susane ficaria guardada para a última hora. Enquanto a partida estivesse acontecendo.

O resultado foi marcante. A Globo marcava 22 pontos com o início do jogo. Mas a audiência começou a despencar quando Gugu entrou no ar. Depois de uma hora, o programa já tinha 17,3 pontos contra 15,5 do futebol. E as pessoas não paravam de mudar de canal. Quando veio a entrevista, foi um massacre. A Record tinha 14,5 pontos contra 7,7 pontos da TV Globo. Os números do Ibope são preliminares. Há a tendência que a diferença seja ainda maior para a Record.

O caso é marcante. A entrevista de Suzane despertaria a atenção do brasileiro em qualquer dia, qualquer horário. Mas quando se opta por enfrentar, sem medo, um jogo fundamental da Libertadores, há algo errado. Os patrocinadores que gastam mais de um bilhão de reais com o futebol na Globo precisam repensar. Cobrar uma atitude. Já que os executivos da Globo, que têm à sua disposição o calendário da CBF e da Conmebol, vulgarizam seus produtos. A influência de um bilhão de reais, nesta recessão, tem ressonância.

A diretoria do São Paulo implora por um patrocinador master para sua camisa. Qual o interesse de uma empresa, assolada pela recessão, de colocar R$ 25 milhões por ano no clube? Quando nem pela Libertadores, em jogo importantíssimo, é capaz sequer de liderar a audiência no país?

O que aconteceu ontem foi significativo para a Record, para o Programa do Gugu. Mas a parte esportiva, o futebol outra vez mostrou toda a sua fragilidade. O falta de cuidado do calendários, o número excessivo de jogos. Torneios decadentes que o tempo matou, como os estaduais vão além da perda de tempo. Viraram veneno para a audiência. Times grandes colocam equipes mistas reservas para enfrentar adversários insignificantes, de aluguel, montadas por empresários e prefeitos para divulgarem sua cidade.

2ae14 Massacre da Record, com Gugu e Suzane Richthofen, diante do São Paulo na Libertadores, não é exceção. A Globo vulgarizou o calendário. Está matando o interesse sobre o futebol brasileiro. Por isso sua audiência despenca ano após ano…

O torcedor não é idiota. Não perde tempo com jogos que sabem não valer nada. Muito menos se dispõe a pagar para ver de perto equipes fracas, sem talento. Se for à noite, pior ainda, se expor à violência dos centros urbanos brasileiros. Expor esposa e filhos para ver um jogo ruim e ter de voltar para casa depois da meia-noite, para trabalhar no dia seguinte?

A falência dos grandes clubes, por incompetência, irresponsabilidade e, muitas vezes, corrupção dos dirigentes. A debandada dos jogadores talentosos para a Europa, Oriente e até Estados Unidos. A certeza dos que ficaram por aqui não tem potencial para ir ou voltaram por não servir mais à elite do futebol mundial. O que já é ruim fica muito pior com o vulgar calendário que reserva horários nobres para partidas insignificantes.

O que aconteceu ontem com o programa de Gugu não é um caso raro. Muito pelo contrário. O brasileiro comum está se cansando do futebol. Três arenas construídas para a Copa do Mundo não foram usadas nos estaduais de 2015. Não vale a pena, pelo custo, abrir o Castelão, a arena da Amazônia e o Mané Garrincha. Elas seguem fechadas para os insignificantes torneios. Esperam pelo Brasileiro, pela Copa do Brasil.

Mesmo no Morumbi, ontem, no jogo importantíssimo, o público foi de pouco mais de 16 mil torcedores. Os dirigentes são paulinos sonhavam com 35 mil pagantes. Uma decepção que está longe de ser exceção. Repare nas cadeiras vazias, atrás de Pato, nas fotos, enquanto ele comemora seus gols. Deprimente…

As emissoras não temem mais o poder do futebol neste país. A Globo, que monopoliza o esporte, desde os tempos da Ditadura, conseguiu. Está matando sua galinha de ovos de ouro. Com a cumplicidade da CBF. E a covarde omissão dos dirigentes dos grandes clubes brasileiros…
2reproducao8 Massacre da Record, com Gugu e Suzane Richthofen, diante do São Paulo na Libertadores, não é exceção. A Globo vulgarizou o calendário. Está matando o interesse sobre o futebol brasileiro. Por isso sua audiência despenca ano após ano…

153 Comentários
“Massacre da Record, com Gugu e Suzane Richthofen, diante do São Paulo na Libertadores, não é exceção. A Globo vulgarizou o calendário. Está matando o interesse sobre o futebol brasileiro. Por isso sua audiência despenca ano após ano…”

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Caro Cosme, outro fator preponderante para a perda da audiência da rede globo, é o boicote que anda sofrendo de nós torcedores dos outros times do país, é muito corintianismo e flamenguismo na midia, é surreal e chateia, antigamente todos temas eram debatidos dando praticamente o mesmo espaço para as equipes hoje é totalmente diferente, isso realmente chateia cansa. Um ótimo exemplo para o jogo de quarta é vc olhar as comunidades online dos são paulinos, onde todos enfatizam que se tiverem a opção de escolha com certeza irão assistir por outra emissora, no caso do jogo de quarta pela fox, quem possui tv por assinatura, gato tv (inclusive assistindo pela internet com péssima imagem) etc… tenho certeza que assistiu pela fox, pq ninguem quer dar mais dinheiro (anunciante/audiencia) para globo, independente dela pagar cotas de tv milionarias ou não, ela juntamente com a CBF e com clubes que racharam o Clube dos 13 são os responsaveis pela situação atual do nosso futebol. Por fim reitero só pesquisar os clubes que racharam o C13, são os 2 que atualmente monopolizam a midia e a televisão, somados aos times que hoje estão revoltados com o contrato (Gremio, Botafogo, Vasco, Palmeiras, Santos).

Caro Cosme. Outra coisa que está acabando com o interesse do torcedor é a Espanholização do futebol brasileiro que vai custar muito caro, daqui alguns anos não vai ter graça nenhuma acompanhar o futebol brasileiro. Pra quem duvida é só ver o novo contrato de tv da premier league de 22 bilhões de reais, onde a divisão da grana é muito mais inteligente e já começou a deixar os cartolas espanhois de cabelo em pé temendo uma fuga de craques para Inglaterra. Esta ideia de dar privilegios so para Corinthians e Flamengo é uma bolha, vai inflar até estourar e em daqui uns dez anos vamos acompanhar so ligas europeias, campeonato brasileiro vai ficar pior que estadual.

Penso que o interesse do torcedor brasileiro em ver jogos de times nacionais está caindo, porque no Brasil atravessa uma safra ruim de jogadores e os melhores jogam em outros países. Outro fator é a espanholização do futebol brasileiro, no qual a Globo privilegia e muito os jogos do Corinthians e Flamengo. Nas redes sociais muitos torcedores de outros clubes reclamam da Globo dar privilégio a estes dois clubes, e então muitos torcedores que não torcem nem para Corinthians e nem para o Flamengo passam a não ver mais jogos na Globo. A Bandeirantes também é muito criticada nas redes sociais por torcedores não corintianos , pois tem comentaristas torcedores como o Neto e no seu Telejornal esportivo Jogo Aberto e Os Donos da Bola, se percebe claramente que a Bandeirantes dá um espaço muito maior para falar do Corinthians do que dos outros clubes. Bem Cosme se vê que a Globo ao dar privilégio nas suas coberturas esportivas para o Flamengo e o Corinthians e a Bandeirantes para o Corinthians faz com os torcedores de outros clubes se desinteressem pelo futebol nacional e passem a acompanhar mais o europeu.

Parabéns pelo texto Cosme ! Caro Leonardo, concordo em partes com o seu depoimento. Com o decréscimo exponencial na audiência a Globo terá em maos um verdadeiro “passivo” já que nenhuma empresa ira querer investir nos campeonatos estaduais ! Ou a Ambev ira preferir gastar milhões para vincular um comercial no jogo São Paulo e Mirassol do que investir em marketing mais eficaz Os clubes já anteciparam praticamente todo o recebivel do direito de imagem pago pela Globo. Acredito que a emissora carioca e seu funcionário CBF estão provando do próprio veneno assim como o Cosme colocou ! Alguém ainda acha que o povo brasileiro eh “ignorante” ao ponto de assistir jogos ridículos quando o acesso a assistir jogos da Champions ou mesmo Futebol Americano (isso sim eh espetáculo) Boa sorte Globo Boa sorte CBF Boa sorte Brasil Abs de um amigo que mora longe da PTlandia porém observa tudo isso com muita tristeza
Ganhou seis vezes o prêmio Aceesp, como melhor repórter esportivo entre jornais e revistas de São Paulo. Trabalhou 23 anos no Jornal da Tarde. Começou com o blog no UOL, em 2009. Logo se tornou um dos dois mais acessados no esportes do portal. Cobriu ‘in loco’ as últimas seis Copas do Mundo, seis Eliminatórias para a Copa, quatro Copas América, dezenas de finais de Libertadores, Brasileiros e Campeonatos Paulistas. Mundial de Clubes no Japão 2011. O Pan-Americano do México. Três etapas do UFC. Olimpíadas de Londres 2012. Copa das Confederações em 2013. Foi, como enviado especial, a 29 países para cobrir eventos esportivos.

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

 

Globo estica novela “Império” para conter alta audiência de Gugu

gugu2

Ontem, em sua segunda noite, o programa do Gugu voltou a pontuar bem, mas nem de longe registrou o resultado da véspera (leia aqui ), por que a Globo reagiu estrategicamente. esticou Império até às 23h. Assim, BBB15,, acabou às 23h55 e Tá No Ar atrasou 32 minutos para começar.

Aos números: disputando, portanto, contra três atrações da Globo, Gugu, registrou onze pontos de audiência, de acordo com dados do Ibope para a Grande São Paulo e a Globo alcançou 21 pontos (O SBT ficou com seis pontos).

Mas, mesmo assim, Gugu, venceu marginalmente o programa de Marcelo Adnet (treze pontos contra onze pontos). Com Gugu, pelo menos nesta primeira semana, a Record voltou à vice-liderança com folga.
Por Lauro Jardim

Veja a Parcial PNT Nacional, SBT registra a vice com a Record em seguida

emissoras-de-tv

PNT NACIONAL AUDIÊNCIA -

Média FEVEREIRO 2015 (Parcial)
Globo – 12.8
SBT – 4.5
Record – 4.1
Band – 1.4

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Audiência‬ da madrugada na TV, já é bem maior do que a matinal; entenda!

emissoras-de-tv

Com a vida cada dia mais corrida, o público brasileiro está ficando acordado até mais tarde, o que acaba impactando diretamente a televisão.
.
Segundo informações da coluna Outro Canal, dados consolidados do Ibope em janeiro mostram que a audiência da TV aberta cresceu na faixa das 23h às 02h. Tanto que o número de televisores ligados já supera o da manhã.
Entre 23h e 02h, a Grande SP teve no mês passado share de 38%, enquanto no período matinal, das 06h ao meio-dia, esta média foi de 24%.
.
O índice chama a atenção dos canais abertos, que de uns tempos pra cá vem investindo cada vez mais em programas depois das 23h.
A Globo, por exemplo, tem estreado várias séries, minisséries e programas nacionais na sua segunda e até terceira linha de shows, quase sempre com bons resultados – a última foi “Felizes para Sempre?”.
No SBT‬, o destaque é o “The Noite”, de Danilo Gentili, que frequentemente alcança a liderança.
.
Além do crescimento na faixa das 23h às 02h, também vale destacar que agora a plateia mais importante na TV está concentrada das 20h às 23h, e não mais das 19h às 22h.

Em janeiro, o número de televisores ligados em São Paulo das 20h às 23h foi de 58,7%.

Portal Na Telinha

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

 

‎Império‬: Entre a vida e a morte, finalmente Cora tem noite de amor com Zé Alfredo!

IMPERIO CORA E ALFREDO  625_315_1423264322Jose_Alfredo_Beija_Cora

De Acordo Com o Site Noticias da TV, O autor de Império, Aguinaldo Silva, prometeu que Cora (Marjorie Estiano) não morreria sem sua noite de amor com José Alfredo (Alexandre Nero). E vai cumprir. Baleada no lugar do comendador durante o desfile da escola de samba União de Santa Teresa, ela ficará entre a vida e a morte. Quando seu quadro se agravar, o homem de preto surgirá na enfermaria do hospital e fará a vilã gemer de prazer. Essa é a cena que encerra o último capítulo entregue à produção da novela das nove, que irá ao ar no dia 21 de fevereiro.
Apesar de deixar no ar se é realidade ou sonho, o roteiro tem pistas que indicam que a tia de Cristina (Leandra Leal) vai morrer, e José Alfredo, em gratidão, resolverá ser um princípe com ela. Ao tentar proteger o comendador, Cora será baleada por Maurílio (Carmo Dalla Vecchia) durante o desfile de Carnaval, cena que será exibida na noite do dia 18.

“Ele a beija com paixão, ela corresponde, ele tira a roupa de hospital dela, Cora em prantos”, escreveu o novelista, orientando os atores. “Eu não mereço isso, Zé, eu não mereço”, dirá ela. “Não fala, esquece o que aconteceu antes, pensa só nesse momento, fica comigo, se entrega”, pedirá José Alfredo.
Os dois se abraçam. “E vivem ali, na luz transfigurada daquela enfermaria de hospital, a mais linda cena de amor que seja possível… E, enquanto eles se amam loucamente, Cora chega ao auge, em meio aos gritos dela e aos sussurros dele”, escreveu Aguinaldo Silva.
Para o público ficar em dúvida se é um sonho, como já foi mostrado na novela, o público verá um médico conversando com Cristina e Elivaldo (Rafael Losso) dizendo que o estado de Cora se complicou para um derrame pleural grave. Enquanto o médico explica o que está sendo feito, o som dele é cortado para um trilha sonora triste e o foco será nos olhos cheios de lágrimas dos sobrinhos da malvada.

O comendador, por sua vez, vai se despedir misterioso de Maria Isis (Marina Ruy Barbosa). “Tenho que resolver um assunto urgente. Eu vou, mas volto, viu? Sempre”, dirá ele.

Confira como vai ser a cena da noite de amor de Cora:

Cora: “Você veio me ver!”

José Alfredo: “Ficou surpresa?”

Cora: “Eu queria muito, mas não esperava! Você me odeia, e eu te dei todas as razões pra isso, te fiz tanto mal…”

José Alfredo: “Mas salvou minha vida.”

Ele desliga os aparelhos nos quais Cora está ligada enquanto eles falam, indica o roteiro.

Cora: “Foi por egoísmo, Zé! Eu te salvei porque não queria que você se fosse sem antes…”

José Alfredo: “Saciar o teu desejo?”

Cora: “Foi para isso que vivi! Para me entregar a você, para ser sua… Sonhei todas as noites da minha vida que você chegava, assim mesmo, no escuro e aí deitava do meu lado, me tomava nos seus braços…”

José Alfredo desabotoa a camisa e vai tirando a roupa.

José Alfredo: “Deitar do seu lado, lhe tomar nos meus braços, tirar sua virgindade que você guardou para mim com tanto zelo… Pois chegou a hora, Cora dos Anjos, a mulher que sonhou com este momento a vida inteira! Seu sonho vai se realizar agora.”

Cora: “Jura, Zé?”

O comendador deita ao lado dela.

José Alfredo: “Eu vim aqui para isso.”

Cora: “Eu não mereço isso, Zé, eu não mereço!”

José Alfredo: “Não fala, esquece o que aconteceu antes, pensa só nesse momento, fica comigo, se entrega… Vem comigo, Cora, juntos… Agora!

Cora solta um grito de “prazer supremo”, e o capítulo termina.

Noticias da TV.

Operadora GVT amplia seu menu da Globo, SBT e Record

gvt

A operadora ‪#‎GVT‬ colocou a opção dos canais abertos local e a original. Exemplo, pode se ver Globo, Record, e SBT em dois canais. Um você assiste tua repetidora do seu estado e outra o sinal de SP. Palmas para GVT que foi vendida para a Vivo, por 24 bilhões a 7 meses. Por outro lado o serviço tem que melhorar uns 55% pra ficar mediano.

Gustavo Vidal Blog TV Tudo Inferno TV  TVT

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

TV Globo começa o ano de 2015, com pior audiência da história

LOGO TV GLOBO BLOG TV TUDO 2014 F7939827AFF034

O ano em que a Globo comemora 50 anos não começa tão bem para a emissora nos números do Ibope. Em janeiro, até ontem, segundo medições na Grande São Paulo entre 7h e meia noite, a Globo marcou 13,3 pontos de média. Trata-se do pior janeiro da história da emissora. O mesmo mês em 2014 teve um ponto a mais no Ibope.

Leia também:

Governo Federal corta anúncios de estatais na Veja e Época

Silvio Santos não quer comentários pessoais, Rachel Sheherazade vai continuar calada em jornal

Bacalhau, Importados e Caviar sobem e a TV Globo ataca o governo

Medo das apurações da “Operação Lava-Jato”, faz Aécio e PSDB se calar

A seguir vêm a Record, com 5,4 pontos, e o SBT, com 5,3 pontos. Band e Rede TV! contabilizam, respectivamente, 2,1 pontos e 0,8 ponto.

Por Lauro Jardim

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Lilia Cabral faz revelações sobre saída de Drica Moraes em “Império”: “sofreu muito”.

IMPÉRIO DRICA E LILIA CABRAL a5345

Para curtir o Réveillon no luxuoso hotel Copacabana Palace, Lilia Cabral usou joias das grifes Chanel e Swarovski, adereços dignos da poderosa Maria Marta que interpreta na novela “Império”. “Eu adoro joias! Acho que em outras vidas fui mesmo uma espécie de imperatriz”, disse ela, em entrevista à revista ” Contigo!”, citando o apelido de sua personagem. “Ou então fui aquela mulher que ficava olhando a rainha toda linda, cheia de colares… Mas não sou exagerada no meu dia a dia”, frisou.

Lilia Cabral comentou a saída de Drica Moraes do elenco, por conta de problemas de saúde. A atriz lamentou que a colega de trabalho tenha abandonado a vilã Cora em seu auge.

“O estado de saúde dela é ótimo, mas ela passou por uma cirurgia seríssima [Drica foi submetida a um transplante de medula há quatro anos], então, ela não pode trabalhar por muitas horas. Se já bate um cansaço para gente, imagina para ela”, disse a revista Contigo. E acrescentou: “Drica foi guerreira, linda. Ela sofreu muito ao sair com sua personagem no auge”.

Aos 57 anos completados em julho, Lilia mantém seus 64 quilos em 1,74 m de altura. Ela perdeu nove quilos com uma dieta sem glúten. “Não sou radical, de vez em quando posso comer uma pizza, mas emagreci cortando massas, essas coisas… Antes, quando estava com fome, no desespero, tomava um copo de achocolatado, depois comia um sanduichão à tarde, e por aí vai. Fiz uma reeducação alimentar e tudo mudou”, contou a atriz.

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Lista de series e minisséries que vão ser reprisadas na Globo, como telefilme

LOGO TV GLOBO BLOG TV TUDO 2014 F7939827AFF034

Resumo:

06/01/15 – “O Canto da Sereia”
07/01/15 – “Lampião e Maria Bonita”
08/01/15 – “Força Tarefa”
09/01/15 – “Maysa”
13/01/15 – “As Noivas de Copacabana”
14/01/15 – “O Pagador de Promessas”
15/01/15 – “Ó Paí, Ó”
16/01/15 – “Dalva e Herivelto”
20/01/15 – “A Teia”
21/01/15 – “O Primo Basílio”
22/01/15 – “Presença de Anita”
23/01/15 – “Anos Dourados”

Vale a Pena Ver de Novo: duas reprises nas tardes da TV Globo, CONFIRA!

NOVELAS GLOBO 06-01-2015-54ab5f8cb3d78

A partir do dia 12 de janeiro, ao mesmo tempo em que você vê as confusões finais de Cobras & Lagartos, o Vale a Pena Ver de Novo passa a exibir, logo depois, os capítulos iniciais da primeira fase da novela O Rei do Gado, um marco da teledramaturgia brasileira que volta ao ar em 2015, o ano dos 50 anos da Globo.

Entre os dias 12 e 23 de janeiro, a trama de Benedito Ruy Barbosa entra no ar logo após Cobras & Lagartos. No dia 26, O Rei do Gado ocupará integralmente a faixa horária.

O Vale a Pena Ver de Novo vai ao ar de segunda a sexta, logo após a Sessão da Tarde.

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Autor de “Avenida Brasil”, João Emanuel Carneiro confirma os protagonistas de “Favela Chique”

joao-emanuel-carneiro1

A novela tem estreia prevista para o segundo semestre de 2015.

Em entrevista ao jornal O Globo, João Emanuel Carneiro falou sobre sua próxima novela, Favela Chique, que estreia no segundo semestre de 2015. Ele contou que já se dedica ao atual projeto há um ano e meio.

“Novela é improviso, sempre será, mas tem maneiras e maneiras de se improvisar. Prefiro ter um pouquinho mais de base, de segurança. Tem autores que não gostam de saber como será o amanhã. Eu parto como se fosse para uma guerra. Tenho várias possibilidades para saber como seguir. Eu não estou diante da página em branco. Isso me faz saber a história que quero contar”, contou.

O dramaturgo, responsável por sucessos como A Favorita e Avenida Brasil, continuará apostando nos personagens que deixam o público em dúvida. “Gosto de trazer a dubiedade dos personagens. O público evoluiu muito, se tornou um grande especialista em novelas. O telespectador já viu muitas tramas e quer se surpreender. As pessoas querem ser um pouco contrariadas, ou melhor, provocadas, às vezes”, explicou Carneiro.

Ele adiantou a história central de Favela Chique, que será em torno de um bandido que “se apaixona pela ideia de ser santo”. “Vou mostrar a redenção desse cara (Murilo Benício). Ele se envolve com duas mulheres (Giovanna Antonelli e Andreia Horta)”, revelou.

Para o elenco, João Emanuel confirmou os nomes de Murilo Benício, Giovanna Antonelli, Andreia Horta, Cauã Reymond, Suzana Vieira e Marco Pigossi.

Governo Federal anuncia corte de verbas à Rede ‪Globo‬ e Editora Abril.

DILMA E LULA ilma1

O Governo não está nada satisfeito com as notícias sobre a real situação do Brasil que vem sendo mostrada pela Rede Globo e pela Editora Abril, por meio da Revista Veja. De acordo com o Portal Metrópole, foi anunciado oficialmente o corte de verbas para esses dois grupos.

Internamente, a presidente Dilma Rousseff teria dito: “Não compactuamos com mentirosos”, disse ela, sobre as notícias contra o seu governo. Em um trecho da publicação, o autor afirma: “cortes dessa magnitude podem ser um tiro certeiro naquilo que chamamos hoje em dia de ‘mídia golpista’”.

Leia também:

* Silvio Santos não quer comentários pessoais, Rachel Sheherazade vai continuar calada em jornal

* Bacalhau, Importados e Caviar sobem e a TV Globo ataca o governo

* Jornal da Globo News com Leilane Neubarth exibe um jornalismo irritante

* Governo Federal corta anúncios de estatais na Veja e Época

* Danilo Gentilli comemorou derrota de Dilma Rousseff antes da hora, e quebrou a cara

* Segundo UOL, em 2009, Aécio Neves agrediu a namorada em um evento esportivo em Minas Gerais

* Em programa eleitoral, Aécio Neves tenta convencer, e apagar seu passado obscuro

E ainda explica: “A editora Abril e a Globo vão começar a se preocupar com outros meios de comunicação do grupo, que podem ser atingidos com essa restrição de anúncios. O PT já deixou bem claro que a revolta não é pelas denuncias, mas sim por divulgá-las sem aval da Policia Federal e sem provas concretas”.

Ao invés de resolver a situação das “acusações sem provas” na justiça, o governo achou por bem partir do corte de verbas estatais. Vale lembrar que órgãos a favor do governo continuam recebendo as verbas estatais e praticando outros assassinatos de reputação, quase sempre sem alguma prova.

E a publicação do portal, órgão petista, continua: “Três grandes estatais colocaram mais de 250 milhões de reais inserções na Globosat no ano de 2013. Se o governo federal cortar “por ai” , a oposição midiática vai perceber que essa historia de malhar a Dilma Rousseff é um horrendo e amargo negócio”, afirma.

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Lilia Cabral fala sobre saída de Drica Moraes em “Império”: “sofreu muito”.

IMPÉRIO DRICA E LILIA CABRAL a5345

Para curtir o Réveillon no luxuoso hotel Copacabana Palace, Lilia Cabral usou joias das grifes Chanel e Swarovski, adereços dignos da poderosa Maria Marta que interpreta na novela “Império”. “Eu adoro joias! Acho que em outras vidas fui mesmo uma espécie de imperatriz”, disse ela, em entrevista à revista ” Contigo!”, citando o apelido de sua personagem. “Ou então fui aquela mulher que ficava olhando a rainha toda linda, cheia de colares… Mas não sou exagerada no meu dia a dia”, frisou.

Lilia Cabral comentou a saída de Drica Moraes do elenco, por conta de problemas de saúde. A atriz lamentou que a colega de trabalho tenha abandonado a vilã Cora em seu auge.

“O estado de saúde dela é ótimo, mas ela passou por uma cirurgia seríssima [Drica foi submetida a um transplante de medula há quatro anos], então, ela não pode trabalhar por muitas horas. Se já bate um cansaço para gente, imagina para ela”, disse a revista Contigo. E acrescentou: “Drica foi guerreira, linda. Ela sofreu muito ao sair com sua personagem no auge”.

Aos 57 anos completados em julho, Lilia mantém seus 64 quilos em 1,74 m de altura. Ela perdeu nove quilos com uma dieta sem glúten. “Não sou radical, de vez em quando posso comer uma pizza, mas emagreci cortando massas, essas coisas… Antes, quando estava com fome, no desespero, tomava um copo de achocolatado, depois comia um sanduichão à tarde, e por aí vai. Fiz uma reeducação alimentar e tudo mudou”, contou a atriz.

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 28.142 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: