Era tudo palhaçada abestado: Tiririca vai disputar a reeleição.

A coluna de Andreza Matais, do Estadão, informa que o deputado Francisco Everardo Oliveira Silva, a Tiririca, voltou atrás da decisão de abandonar a polícia. Vai disputar a reeleição como deputado. Quanto e$forço deve ter custado ao PR, seu partido, para convencê-lo a mudar de ideia? Teve gente que se que comoveu com a pataquada que Tiritica disse da tribuna do Câmara quando anunciou que se retirava da política, fazendo-se passar por uma virgem no bordel. A seguir, a nota:

O PR convenceu o deputado Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, a disputar a reeleição. Em dezembro de 2017, ele anunciou que sairia da vida pública. A candidatura do comediante é mais um ativo do partido, que se tornou protagonista nas negociações em torno de aliança na eleição presidencial. Em 2014, Tiririca foi o terceiro mais votado do País. O 1,016 milhão de votos obtidos por ele ajudaram o PR a eleger seis parlamentares em São Paulo. Sem Tiririca, a legenda prevê que conseguiria emplacar apenas três deputados federais no Estado.

Discurso vencido. No único discurso que fez em sete anos de mandato, Tiririca justificou sua decisão de não disputar mais cargos públicos. “Eu saio totalmente com vergonha do que eu vi nestes aqui. Estou decepcionado com a política brasileira.” Ele não foi encontrado ontem.

Milhares estarão presentes em ato de registro da candidatura de Lula Presidente

MOVIMENTOS SOCIAIS
Eu sou Lula!
.

Movimentos sociais preparam grande marcha que chegará dia 15 de agosto em Brasília, data em que ex-presidente será oficializado na disputa eleitoral

02/07/2018 18h52 – atualizado às 19h12

Brasília será o palco de mais uma data histórica para milhões de brasileiros e brasileiras em 15 de agosto, dia em que Lula será oficializado na disputa à Presidência da República. Para acompanhar o registro do nome do ex-presidente junto à Justiça Eleitoral,movimentos sociais, partidos de esquerda e centrais sindicais preparam uma marcha que deve sair da cidade de Luziânia três dias antes e terminar com grande ato na capital federal.

A expectativa é que milhares de pessoas, entre representantes de movimentos sociais, comunidades campesinas, artistas e líderes políticos e sindicais acompanhem o trajeto de cerca de 60 Km entre as duas cidades. “Queremos convocar todos aqueles que acreditam na inocência do Lula e que estão na luta contra o golpe e os ataques à democracia. A marcha é um recado de paz para o Brasil”, explica Alexandre Conceição, um dos organizadores do ato e que pertence à coordenação Nacional do MST.

Uma grande mobilização como esta mostra o tamanho da força popular em torno da pré-candidatura de Lula que, mesmo perseguido pela mídia e preso político desde 7 de abril, lidera todas as pesquisas já divulgadas. O povo já escolheu Lulacandidato e vai mostrar sua força durante a caminhada que culminará no registro no TSE.

Ciente do quão importante foram os governos de Lula para as causas do campo, Conceição torce pelo retorno do ex-presidente para acabar com os retrocessos do ilegítimo Michel Temer: “Todo mundo sabe que o único que pode colocar o Brasil de novo nos eixos é Lula. Com ele, os trabalhadores do campo tiveram pela primeira vez a atenção do governo e puderam melhorar as suas vidas. Agora tudo o que conquistamos está ameaçado. Por isso temos que mostrar todo o nosso apoio a ele no dia do registro”.

O coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP), Raimundo Bonfim, vê no ato mais uma prova de que o povo não aceita mais os desmandos do governo ilegítimo de Michel Temer. “Só Lula terá coragem de revogar os muitos retrocessos feitos pelo golpista Temer em tão pouco tempo. Por isso é importante mostrar que o povo não aceita mais medidas como a reforma trabalhista, a entrega do pré-sal entre muitas outras coisas que prejudicaram diretamente a população”, opina Bonfim.

Para a vice-presidenta Nacional da CUT, Carmen Foro, além do peso simbólico de sair às ruas em defesa de um candidato que lidera todas as pesquisas mesmo mantido como preso político, o ato também é estratégico. “Não há como fazer justiça sem ouvir o que o povo quer. E as propostas de Lula estão em sintonia com o desejo da maioria. No ato, vamos estar todos juntos nas ruas de Brasília em sua defesa”, espera.

A presidenta Nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, defendeu a mobilização para registrar a candidatura de Lula. “É muito importante a movimentação que estamos fazendo aqui fora pela afirmação da candidatura de Lula. Queremos reunir milhares de pessoas no dia e, junto com o povo, confirmá-lo na disputa”, conta Gleisi.

Sobre o encontro recente que teve com Lula em Curitiba, Gleisi tratou de animar a militância. “Ele está com a cabeça ótima, com a saúde de um garoto de 25 anos. Mais do que indignado pela atuação doJudiciário ele está preocupado com a situação do Brasil. Das crianças brasileiras, com a falta de autonomia do governo, a soberania do país, com a falta de respeito perante o mundo, com a economia. O povo tem que voltar a ter confiança. É isso que ele quer. O povo sabe porque nós já fizemos isso”, conclui a presidenta.

Por Henrique Nunes da Agência PT de Notícias

Eleição sem Lula, chega 58% de brancos, nulos e indecisos.

.
A quatro meses das eleições os brasileiros parecem ter mais certeza que não querem votar em ninguém, diante dos nomes disponíveis até o momento. O número de brancos e nulos chega a 29%. Somados aos indecisos, o total dos que não têm voto para o dia 7 de outubro fica entre 36% e 40%. Somados aos que não quiseram opinar num cenário sem o #Lula, o número chega a 58%.

Portanto, até a eleição sem definir, nada está certo, até porque 60 milhões de indecisos, Não optaram pelos que sobraram.

Gustavo Vidal

Eleições 2018: Técnico de vôlei, funkeira e ex-ator pornô como candidatos.

Em um ano de incertezas na corrida eleitoral, alguns nomes famosos no Brasil querem aproveitar o cenário para garantir a confiança dos brasileiros na hora do voto. E, diga-se de passagem, o número de artistas que arriscarão um cargo nas eleições de outubro está bem grande.

Segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, ao menos quatro celebridades já confirmaram que vão correr atrás de cadeiras nos poderes executivo e legislativo.

Em São Paulo, o ex-ator pornô Alexandre Frota (PSL) já afirmou que vai se lançar candidato a deputado federal. O mesmo acontecerá com Dr. Rey, que pelo PRB, quer alcançar o mesmo posto. Ele desistiu recentemente de ser candidato à presidência da República.

No Rio de Janeiro, o cenário se repete. Enquanto a funkeira MC Carol (PCdoB) decide se quer ser candidata a deputada estadual ou federal, Bernardinho (Novo), ex-técnico da seleção brasileira de vôlei, tentará ser o novo governador do estado.

Outros dois nomes ainda não disseram o que vão fazer: Otávio Mesquita (DEM) pode se lançar candidato a deputado federal por São Paulo, enquanto que a jogadora de vôlei transexual Tifanny Abreu também decide se fará o mesmo pelo MDB.

O cantor Beto Barbosa (PRB-CE), os atores Fábio Assunção (PT/RJ) e Tássia Camargo (PT-RJ), o técnicos Vanderlei Luxemburgo (PSB-TO), Ronaldinho Gaúcho (PRB-DF) e José Luiz Datena (DEM-SP), embora filiados, já disseram que não vão se candidatar a nada neste ano. Porém, até outubro, muita coisa pode acontecer.

Otávio Mesquita acerta entrevista com Temer para mostrar lado mais humano do presidente.

Otávio Mesquita vai entrevistar o presidente Michel Temer para seu programa no SBT, o “Operação Mesquita”. Mas num estilo mais informal.

O pedido da gravação foi feita em novembro do ano passado e aprovado nesta quinta-feira (18), pessoalmente pelo presidente, durante sua visita ao SBT.

Inicialmente, a entrevista está marcada para ser realizada entre os dias 3 e 4 de fevereiro, em um local ainda a definir. A data de exibição será, provavelmente, na primeira semana após o Carnaval.

A intenção será mostrar um lado mais humano do presidente, por isso, o tema política não será incluída entre as pautas do bate-papo.

– Sandro Nascimento | NaTelinha

Temer grava com Silvio Santos e Ratinho no SBT

O baú, e uma Sena de golpes. Reforma da Previdência: Silvio Santos e Ratinho se juntam ao Temer para aceitação da população.

O apresentador Ratinho interrompe suas férias de 30 dias no SBT, para fazer seu programa ao vivo, assim entrevistar o presidente Michel Temer.

Temer estará no SBT para gravar o programa Silvio Santos na semana que vem, para convencer a população das mudanças e tentar levantar um pouco da sua popularidade quase zebrada, as vésperas da Reforma da Previdência.

.

Gustavo Vidal – Coluna Alternativa – Blog TV Tudo.