Globo usa Band como marionete para atacar a SIMBA Content.

A Globo nem disfarça, e usa a como marionete Band para atacar a SIMBA. 
A nova empresa formada pela Record, SBT e RedeTV! intitulada Simba Content, tem atacado a SYK com frequência em seus telejornais, porque é a única operadora que não chegou num acordo. Ai a Band resolveu atacar a SIMBA em seu principal jornal no dia de hoje (7). 

As vezes a TV Globo usa a Band como marionetes para atacar seus inimigos comerciais. A platinada tem Sky 7% das ações da Sky, e so com base nisso sabemos que as negociações serão quase impassíveis. A emissora dos Saad sempre andou junta com os Marinho, e nos últimos anos achamos que tinham se desprendido dela, por nao ter mais os direitos de transmissão do futebol, mas estávamos enganados. 

 

Se algumas TVs recebem por seus sinais, porque a SIMBA não vai receber? Elas vão a guerra, porque a Net, Claro, VivoTV e outras menores já cederam as reivindicações e fecharam acordo com a nova coalizão. Juntas representam 24% da audiência da TV fechada, algum lucro então as operadoras de TV estão recebendo, sem dar retorno a elas. Agora vamos esperar para ver até onde essa briga vai, porque usar a Band – que recebe pelos seus canais – como arma, e se mascarar com isso é jogo baixo. 

.

Coluna Alternativa – Gustavo Vidal 

Pesquisa Uninassau: Lula é o preferido em pernambucano com quase 60% dos votos.

Ex-presidente, filiado ao #PT, tem a melhor intenção de votos em todas as regiões do Estado; no Sertão do São Francisco a preferência por ele é de 90%.


Presidente da República de 2003 a 2010, Lula (PT) terá direito a um terceiro mandato no que depender dos pernambucanos. De acordo o Instituto de Pesquisa Uninassau, ele tem 65% das intenções de voto no Estado. Jair Bolsonaro (PSC) e Marina Silva (Rede) aparecem com 6% e Geraldo Alckmin (PSDB), Aécio Neves (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) têm 1%. O presidente Michel Temer (PMDB) possui 0% da preferência (veja arte ao lado). O levantamento foi feito nos dias 23 e 24 de março, com 2.014 entrevistas em todo o Estado. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2,2%.


Lula mantém o favoritismo na pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são citados pelos entrevistadores. O petista tem 58,8% das intenções de voto e é seguido por Bolsonaro (5,1%), Marina (3,3%) e a ex-presidente Dilma Rousseff, do PT, (1,5%). O número de pessoas que apontaram outros candidatos soma 3,2% e 1,1% não escolheu ninguém. O índice de pessoas que não responderam ou não souberam responder foi de 27%.


O ex-presidente tem a preferência de 90% do eleitorado no Sertão do São Francisco. O favoritismo segue em outras áreas do Sertão (72%), Agreste (71%), Zona da Mata (65%), Região Metropolitana (58%) e Recife (53%).

Em Sao Paulo, Alckmin lidera pesquisa para presidente em 2018.

Pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas para Presidente do Brasil realizada no estado de São Paulo.
Cenário 1 (com Alckmin sendo o candidato pelo PSDB)
Geraldo Alckmin (PSDB): 24,6%

Lula (PT): 14,5%

Jair Bolsonaro (PSC): 13,6%

Marina Silva (REDE): 10,2%

Joaquim Barbosa (Sem partido): 8,2%

Ciro Gomes (PDT): 3,5%

Michel Temer (PMDB): 3,4%

Álvaro Dias (PV): 3,8%

Brancos ou Nulo: 12,9

Não sabem ou não opinaram: 6,1%
Cenário 2 (Com Dória sendo o candidato pelo o PSDB)
João Doria Jr. (PSDB): 26,3%

Lula (PT): 15,2%

Jair Bolsonaro (PSC): 12,2%

Marina Silva (REDE): 11,6%

Joaquim Barbosa (sem partido): 7,1%

Michel Temer (PSDB): 4,1%

Ciro Gomes (PDT): 3,7%

Álvaro Dias (PV): 3,0%

Brancos ou Nulos: 11,6%

Não sabem ou não opinaram: 5,1%
Cenário 3 (Com Aécio sendo o candidato pelo PSDB
Lula (PT): 15,8%

Jair Bolsonaro (PSC): 14,3%

Marina Silva (REDE): 12,5%

Aécio Neves (PSDB): 11,9%

Joaquim Barbosa (Sem partido): 9,4%

Michel Temer (PMDB): 4,3%

Ciro Gomes (PDT): 4,0%

Álvaro Dias (PV): 3,5%

Brancos ou Nulos: 17,6%

Não sabem ou não opinaram: 6,7%
___________________________________
Quem o eleitor gostaria que fosse candidato a presidente pelo PSDB:
João Doria: 32,5%

Geraldo Alckmin: 23,6%

José Serra: 10,4%

Aécio Neves: 7,1%

Beto Richa:  0,7%

Nenhum 20,5%

Não sabe ou não opinaram: 5,1%
____________________________________
Pesquisa para governador do estado de São Paulo 
Cenário 1 (Com Serra sendo o candidato pelo PSDB e Marinho pelo PT)
José Serra (PSDB): 34,5%

Paulo Skaf (PMDB): 21,0%

Luiz Marinho (PT): 5,5%

Márcio França (PSB): 4,0%

Carlos Giannazi (PSOL): 2,0%

Brancos ou Nulos: 25,3%

Não sabem ou não opinaram: 7,7%
Cenário 2 (com Dória sendo candidato pelo PSDB e Haddad pelo PT):
João Doria (PSDB): 44,7%

Paulo Skaf (PMDB): 13,2%

Fernando Haddad (PT): 9,2%

Gilberto Kassab (PSD): 7,8%

Márcio França (PSB): 3,1%

Carlos Giannazi (PSOL): 1,5%

Brancos ou Nulos: 14,3%

Não sabem ou não opinaram: 6,2%

___________________________________
Pesquisa para senador do estado de São Paulo: 
Geraldo Alckmin (PSDB): 34,8%

Celso Russomanno (PRB):  34,3%

Eduardo Suplicy (PT): 20,0%

Marta Suplicy (PMDB): 11,7%

Marco Feliciano (PSC): 9,7%

Aloysio Nunes (PSDB): 7,8%

Gilberto Kassab (PSD): 6,9%

Brancos ou Nulos: 15,1%

Não sabe ou não opinaram: 4,8%

Jornalístico “Balanço Geral Bahia” conquista primeira lugar em média parcial de março.

A RecordTV Itapoan, afiliada da rede em Salvador, continua comemorando os índices de audiência conquistados pelo “Balanço Geral Bahia”.

 

Entre os dias 01 e 17 de março, o jornalístico apresentado por José Eduardo, o Bocão, registrou 17,3 pontos de média e 33,5% de participação, consolidando-se em primeiro lugar na preferência do telespectador.

 

A RecordTV Itapoan tem o desafio de liderar durante todo o ano com o programa popular, que é exibido de segunda a sexta, das 12h às 15h, seguindo a cabeça de rede.

 

José Eduardo é uma figura conhecida na televisão baiana, já que atua nela desde 1989. Mas foi a partir de 2007 que virou fenômeno: com uma combinação de assistencialismo e noticiário policial, o “Se Liga Bocão” chegou a picos de 33 pontos de Ibope na faixa do almoço em seu auge. Nas ruas, Zé virou Bocão e uma marca conhecida em todo o país.
Porém, com o passar dos anos seus índices foram caindo, até que o apresentador decidiu se reiventar. Em 2014, deixou de ser Bocão e passou a comandar o “Balanço Geral BA”, vendo o Ibope subir novamente.

SBT:”Primeiro Impacto” sofre boicote e chega a zerar em duas capitais. 

“Primeiro Impacto” sofre com “Boicote” do público do SBT e chega a empatar por alguns minutos com desenhos da TV Cultura nesta sexta-feira em São Paulo (24/03). Na capital capixaba e em Curitiba o jornalístico policial chegou a zerar, com 0.9 e 0.6 de média.

.

Fracasso na audiência, edição vespertina do “Primeiro Impacto” pode ser cancelada ainda hoje.

.

O SBT estreou de última hora, na tarde desta quinta-feira (23), a edição vespertina do telejornal “Primeiro Impacto”, apresentado por Dudu Camargo e Marcão do Povo. Com índices baixos na audiência, a atração poderá estar com os dias contados.

.

Sendo exibido das 11h55 às 15h00, o jornalístico registrou na última quinta-feira apenas 4.7 na audiência, sendo visível uma queda em torno dos 40% na audiência comparado com a semana anterior, enquanto a emissora exibia o “Bom Dia & Cia” e “Clube do Chaves”.

.

Já nesta sexta (24), em seu segundo dia, o programa já chegou a perder para TV Bandeirantes em seus primeiros minutos, com quase dois pontos de vantagem, na apresentação de Eduardo Camargo.

Segundo informações, Silvio Santos até gostou do modelo, em que foi feito por Dudu e Marcão. No entanto, não tem certeza de deixar o programa no ar devido os índices apresentados. Tudo será decidido na tarde desta sexta-feira se o “Primeiro Impacto” volta ou não para as manhãs, a partir de segunda (27).

SIMBA a união da Record, SBT e RedeTV!, por 50 milhões mensais empresa começa uma guerra contra a GLOBO.

Uma das propostas da Simba às operadoras de TV paga sugere o pagamento mensal de R$ 30 milhões para Record, R$ 30 milhões para o SBT, e R$ 10 milhões para a RedeTV! Além desta, há também propostas mais razoáveis.

.

Caso não haja um acordo, no dia 29 de março, os assinantes perderão três canais de uma só tacada.

.

Não se sabe, porém, o que as operadoras farão após a retirada das três emissoras.

Mas, elas podem ser obrigadas a fazer uma das três hipóteses: 

– Substituir esses canais por outros de conteúdo semelhante:

.

– Baixar o valor da mensalidade, caso o assinante não aceite a susbstituição

– Aceitar a rescisão do contrato sem qualquer multa para o assinante.

Apesar de tensa, a negociação tem boa chance de terminar em comum acordo.