Record TV escolheu substituta de ‘Os Dez Mandamentos’.

A partir de junho, provavelmente, a Record seguirá com reprises na faixa das 19h45.
.
A aposta é que “A Terra Prometida” consiga manter os bons índices conquistados pela reprise de “Os Dez Mandamentos”.

O Planeta TV

Colaboração de Guilherme Loreto

Novela ‘A Terra Prometida’ chega a 20 pontos e é vice-liderança com grande vantagem no Rio.

Nesta quinta-feira (2), a trama bíblica da RecordTV registrou 19 pontos de média com pico de 20, no ar das 20h44 às 21h44. No mesmo horário, com “Carinha de Anjo” e “Chiquititas”, o SBT teve 7 pontos no Rio.

Novela A Terra Prometida atinge 16 pontos em São Paulo e vai à 20 no Rio de Janeiro nesta quinta-feira – (27/10)

a-terra-prometida-6184426467157_8058095275669241147_n

A #novela bíblica “A Terra Prometida”, exibida pela Rede Record na noite desta quinta feira (27), conseguiu novamente apresentar uma excelente audiência, e cravou o segundo lugar absoluto no Ibope nas duas principais praças do país: São Paulo e Rio de Janeiro.

O folhetim bíblico, exibido entre 20h50 e 21h57, marcou segundo dados consolidados do Kantar Ibope 14.8 pontos de média e chegou a picos de 16.3 pontos na Grande São Paulo, alcançando 3,2 milhões de espectadores. No confronto direto, o SBT ficou em terceiro lugar com 12.4 pontos de média.

No Rio de Janeiro, a vantagem da novela sobre a emissora terceira colocada foi ainda maior, marcando segundo dados consolidados do Kantar Ibope 18.0 pontos de média e chegando a picos de 20.3 pontos. No confronto direto, o SBT somou 8.2 de média apenas.

Os dados apresentados são consolidados e refletem a preferencia de um seleto grupo de espectadores situados na Região Metropolitana de São Paulo. Cada ponto na capital paulista equivale a 69,4 mil domicílios ou 197.8 mil espectadores.

Fracasso no país inteiro, “A Lei do Amor” é menos vista que novelas da Record e até do SBT.

Não está sendo nada fácil emplacar uma novela com boa audiência no horário das nove da Globo nos últimos anos.
A trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, que já tem média próxima a do mega fiasco “Babilônia” é menos vista do que novelas da Record e até do SBT em algumas localidades do Brasil.
Em Goiânia, há dias em que “Chiquititas”, “Cúmplices” e até o “Caldeirão da Sorte” marcam mais audiência que a novela das 9 da Globo.  “A Terra Prometida” também faz bonito na cidade e teve mais audiência em sua média na semana passada do que TODAS as novelas da Globo, com 22,1 pontos x 21,4 de “Haja Coração” e 17,5 de “A Lei”.
Em Manaus, a novela protagonizada por Reinaldo Gianecchini teve baixa média na semana passada: apenas 21,3 pontos. Em Belém do Pará a situação foi menos pior: média semanal de 24,4 pontos. A Terra Prometida marcou 26 na mesma semana.
Em Vitória, a média de audiência da semana passada da novela das nove da Globo foi de pífios 20,5 pontos. “A Terra” apareceu na cola, com 17,9.

Queda das Muralhas de Jericó em “A Terra Prometida” alcança 19 pontos e ‘desmorona’ a concorrente nesta segunda-feira – (17/10).

A Rede Record exibiu na noite desta segunda feira (16), um capitulo especial da novela “A Terra Prometida”, que mostrou a tão esperada queda das Muralhas de Jericó, o que foi uma importante vitória para o povo Hebreu em busca da tão sonhada terra prometida. O capitulo, teve uma grande repercussão nas redes sociais, e deixou a emissora na segunda colocação isolada, com uma vantagem de seis pontos sobre a emissora terceira colocada.
O folhetim, assinado por Renato Modesto, exibido entre 20h50 e 22h07, marcou segundo dados consolidados do Kantar Ibope 16.9 pontos de média e chegou a picos de 19.1 pontos na Grande São Paulo, alcançando 3,8 milhões de espectadores.
No confronto direto, a Rede Globo, que exibia o “Jornal Nacional” e a novela “A Lei do Amor”, liderou na média com 24.9 pontos, e o SBT, que exibia “Cúmplices de Um Resgate” e “Chiquititas”, ficou em terceiro lugar com 11.4 pontos de média.
Os dados apresentados são consolidados e refletem a preferencia de um seleto grupo de espectadores situados na Região Metropolitana de São Paulo. Cada ponto na capital paulista equivale a 69,4 mil domicílios ou 197.8 mil espectadores.

Com a ‘Queda da Muralha’, em ‘A Terra Prometida’ registra 18 pontos e garante vice nesta segunda-feira – (17/10).

O momento tão aguardado chegou “A Queda da Muralha” e que momento, ficou marcado como o assunto mais comentado no twitter do mundo todo, mas na audiência deixou a desejar não marcando índices tão alto.
Segundo dados prévios do Kantar Ibope e telenovela marcou  16,3 e chegou a picos de 17,6 no confronto direto a Rede Globo liderou com 24,9 o SBT ficou em terceiro lugar com 9,9 e a Band ficou em quarto com 2,2.
A novela ‘A Terra Prometida’ também foi bem em Salvador onde marcou 18,7 com picos de 20,5. Vale ressaltar que os números dados aqui são prévios e podem sofrer alteração no consolidado.

Juliana Silveira é destaque como vilã em “A Terra Prometida”

Depois da neonazista Priscila da novela “Vitória” (2014), a atriz Juliana Silveira voltou também como vilã na novela “A Terra Prometida”, interpretando a rainha Kalesi.  Entre tantos personagens no folhetim, é de se destacar o papel de Juliana, como informa o colunista Flávio Ricco.

 

Em recente entrevista, ela comentou sobre seu trabalho na novela bíblica. “Se você tem uma cara de mocinha e você deu certo como mocinha, muitas vezes não vão arriscar, sabendo que neste gênero deu certo. Porém, o ator está sempre buscando desafios e mostrar que nós podemos ir além. Só que é preciso esperar, porque alguém precisa te dar essa chance”, contou.
E Juliana está adorando essa coisa de interpretar uma vilã e, ao mesmo tempo, uma Rainha. “É a segunda vilã já, mas é muito interessante, porque vilãs não tem limite. Já a mocinha tem suas limitações dramatúrgicas. Eu gosto de ser odiada, fazer vilãs é muito bom. Muitos fãs chegam a comparar com Floribella, porque não gostam de me ver má, mas a Floribella também não sou eu. Todas são personagens. Você fazer uma Rainha também é muito bom. Menina sempre tem o sonho de ser princesa. Eu, pelo menos, sempre brinquei disso quando era criança então uma Rainha, como é a Kalese, é um prato cheio”, disse.