Dilma consegue mais 9 senadores e impeachment segue derrotado. 


Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que além dos 22 senadores que votaram contra a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff, há conversações com outros nove parlamentares, do PDT, PMDB, PSD e PSB, dos quais seis já estariam inclinados a votar contra o processo; com 28 votos contrários, o impeachment é rejeitado; segundo Randolfe, a estratégia de convencimento dos nove senadores passa, porém, pela abdicação da Presidência da República por Dilma, com a proposta de eleições diretas.

.

Um dos maiores defensores de eleições presidenciais em outubro, antes mesmo que a presidente Dilma Rousseff fosse afastada temporariamente pelo Senado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou, em conversa com o Jornal do Brasil, que o processo de impeachment é possivelmente reversível.

Para que o processo de impedimento de mandato seja aprovado em definitivo são necessários 54 votos (dois terços dos 81 senadores). Pelas contas de Randolfe, 30 senadores podem votar contra o impeachment, o que inviabilizaria a aprovação do processo, já que restariam 51 senadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s