Record amplia cobertura das olimpíadas do Rio;  e 2020 garante exclusividade no Japão. 

A Record vai dedicar 9 ou 10 horas de sua programação diária para a cobertura dos jogos olímpicos, especialmente na faixa da tarde, a partir das 16h00 e das 22h00 até 01h00 da manhã todos os dias, inclusive com um programa especial na faixa da meia-noite. 

Já existe a decisão de não fazer a Olimpíada de 2020, no Japão, porque o horário não será conveniente. Como razão oficial, o risco de não obter retorno comercial à altura, mas como força por trás o aluguel da sua madrugada para o “cliente” Igreja Universal. 

Flávio Ricco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s