Renan diz que Janot assumiu “cultura paternidade do vazamento”

RENAN E JANOT mages_cms-image-000503082

O argumento usado pelo procurador-geral da República para pedir ao STF a retirada do sigilo da delação premiada de Sérgio Machado constitui uma declaração “criminosa”, disse o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); em seu pedido, Rodrigo Janot escreveu querer evitar “uma crise institucional” no país, após o vazamento de trechos da delação; para Renan, com a tese, o procurador-geral “assume a paternidade do vazamento” à imprensa dos pedidos de prisão que fez contra a cúpula do PMDB, incluindo ele próprio; senador disse ainda que Janot “extrapolou o limite do ridículo” ao pedir as prisões.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s