William Waack apresenta um ‘jornalismo’ debochado

William Waack WLLIAN WACK WEAEqV70

A impressão que temos que o “leitor de texto da Globo”, William Waack que esta no ‘Jornal da Globo’, a mais de 10 anos, faz muitas caras e bocas, na apresentação. O Blog TV Tudo informa que um dia depois da aprovação do impeachment pela câmara dos deputados, ele soltava frases, como: ” a direita esta aliviada’, ‘o PSDB e DEM – risos – estão em festa’, “A presidente Dilma – seguida de adjetivos negativos – sempre gesticulando, e com risadas de deboche, reiterando a falta de imparcialidade da TV Globo.

Desde 1996, William trabalha para a Globo e voltou ao Brasil em 2000. Mais recentemente, tem trabalhado cobrindo crises em países sul-americanos como a Colômbia e a Argentina, e várias séries especiais de reportagens para o Jornal Nacional sobre assuntos como privatizações, pirataria e corrupção policial em São Paulo. Foi enviado aos Estados Unidos para cobrir a eleição que reelegeu Bush filho. Apresentou o Globo News Painel de Nova York. E enquanto cobria a pré-eleição de George W. Bush, lecionou na Universidade de Nova Iorque.

William apresenta o Jornal da Globo sozinho, já que Christiane Pelajo deixou o telejornal para um novo projeto jornalístico . Comanda também o programa semanal de debates políticos e econômicos Painel, na Globonews.

Em 2006, William passou a assinar uma coluna na editoria Mundo do portal de notícias G1 .

Desde 2009, é professor da Fundação Armando Alvares Penteado. No projeto “Caminhos de Abraão faculdade, da mesma , Waack levou os alunos para uma excursão denominada Caminhos de Abraão”.

Em novembro de 2012, a Rede Record foi condenada pela Justiça a pagar R$50 mil a William por danos morais, por sugerir que ele fosse espião dos Estados Unidos em matéria do jornal R7 baseada em telegramas diplomáticos dos Estados Unidos vazados pelo WikiLeaks, onde William é citado em conversas profissionais com diplomatas americanos.

Dentre os livros mais famosos de William está Camaradas, que conta a história da Intentona Comunista no Brasil, a partir de documentos da URSS . Escreveu em 1985 também o polêmico As Duas Faces da Glória, onde analisa a Força Expedicionária Brasileira (FEB) vista por alguns de seus aliados e inimigos.

Não temos tanta experiência de vida e em telejornais, mas William esta no lugar errado, deveria estar atuando como vilão de novela infantil.

Gustavo Vidal – Coluna Alternativa – Blog TV  Tudo

Pesando a balança ao inverso,

tão mais pesada pra

“direita”…

 

2 comentários sobre “William Waack apresenta um ‘jornalismo’ debochado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s