[URGENTE]: PP volta atrás e vota contra o impeachment, e ameaça expulsar contrários.

PP DILMA -640x381

Segundo o plantão da ‘Globo News’, o ‘Partido Progressista’, de ultima hora fechou contra o impeachment, e ainda ameaçou os dissidentes de expulsão. Muitos políticos estão confusos, com medo devido às eleições municipais desse ano, e ainda  em nota o PP, disse tirar a lideranças dos diretórios, dos traidores.

Ciente das especulações e dos desejos incontidos de aliados às vésperas da reforma ministerial, a presidente Dilma Rousseff avisou ao PP, em jantar no Palácio da Alvorada na noite de terça-feira, que o partido continuará no comando do Ministério das Cidades. Terceiro maior orçamento da Esplanada, com R$ 6,33 bilhões de investimentos previstos para 2013, o Blog TV Tudo informa que segundo dados da peça orçamentária encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional, o ministério que cuida de obras de mobilidade urbana, saneamento básico e parte do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ sempre foi alvo de investidas dos demais partidos, sobretudo do PT e do PMDB. “Pelos elogios que fez ao partido e ao ministro (Aguinaldo Ribeiro), ela (a presidente) deixou implícito que não haverá mudanças”, disse ao Correio o presidente nacional do PP, senador Francisco Dornelles (RJ).

Dilma também aproveitou o encontro para elogiar o ministro Aguinaldo Ribeiro, que ganhou a vaga na Esplanada após a queda do então titular, o deputado federal Mário Negromonte (BA), afastado após denúncias de contratos irregulares com organizações não governamentais (ONGs) e de superfaturamento em obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014. Ribeiro, por sua vez, faz parte do novo grupo que comanda o partido — que tem como expoentes, além do próprio Dornelles, os senadores Ciro Nogueira (PP-PI) e Benedito de Lira (AL), e o deputado Artur Lira (AL), líder do partido na Câmara.

Ciro Nogueira, que não participou do jantar pois está em viagem ao exterior, lembrou que “o PP tornou-se um partido muito próximo ao PT após as eleições municipais de outubro”. A mais polêmica das alianças aconteceu em São Paulo, quando o deputado Paulo Maluf posou para fotos ao lado do candidato do PT, Fernando Haddad e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O aperto de mão provocou a renúncia da deputada Luiza Erundina (PSB) da vaga de candidata a vice na chapa petista.

Segundo o presidente nacional do PP, Dilma elogiou o comportamento do partido no Congresso — a agremiação conta com cinco senadores e 39 deputados. “Ela nos disse que, proporcionalmente, temos sido uma das bancadas mais fieis ao governo”, destacou Dornelles, que ressaltou a simpatia da presidente durante todo o evento.

O jornalismo platinado, não deu muita importância à informação, até porque nunca arriscaram a fazer contas, com receio de quebrarem a cara, A votação começa as 14 horas de hoje e pode vazar ate a madrugada de segunda.

Gustavo Vidal – Coluna Alternativa – Blog TV  Tudo

Pesando a balança ao inverso,

tão mais pesada pra

“direita”…

 

3 comentários sobre “[URGENTE]: PP volta atrás e vota contra o impeachment, e ameaça expulsar contrários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s