Atores e humoristas da ‘Escolinha do Professor Raimundo’ que já Morreram

Amar o perdido

deixa confundido

este coração.

Nada pode o olvido

contra o sem sentido

apelo do Não.

As coisas tangíveis

tornam-se insensíveis

à palma da mão

Mas as coisas findas

muito mais que lindas,

essas ficarão

Carlos Drummond De Andade 

***************************

O programa de humor criado por Chico Anysio na TV Globo começou no fim da década de 80 como quadro no ‘Chico Anysio Show’, em 1990 tornou-se diário nos fins de tarde, as17h30, e nas noites de Sábado, depois da novela das 8.Ficou no ar até 1995.

Em 1996, por curto período foi exibido no horário de almoço aos Domingos.E em 2001 voltou as 17h00 e no fim do mesmo ano foi extinto.

Eles tiraram Nota 10 no Humor, no Talento, na Humildade e na Caridade de Trazer Alegria a tantos lares brasileiros.Agora continuam brilhando na eternidade de suas obras, na memória saudosa de seus admiradores.
Confira uma lista com os artistas da ‘Escolinha do Professor Raimundo’ que já partiram para a outra vida:

 

Professor Raimundo

Chico Anysio

*1931 +2012

 

Joselino Barbacena

Antônio Carlos Pires

*1927 +2005

 

Sandoval Quaresma

Brandão Filho

*1910 +1998

 

Eustáquio

Grande Otelo

*1915 +1993

 

Samuel Blaustein

Marcos Plonka

*1939 +2011

 

Bertoldo Brecha

Mário Tupinambá

*1932 +2010

 

João Bacurinho

Olney Cazarré

*1945 +1991

 

Rolando Lero

Rogério Cardoso

*1937 +2003

 

Baltazar da Rocha

Walter D’Ávila

*1911 +1996

 

Dona Bela

Zezé Macedo

*1916 +1999

 

Célia Caridosa de Melo

Nádia Maria

*1931 +2000

 

Dona Clara

Nélia Paula

*1930 +2002

 

Galeão Cumbica

Rony Cócegas

*1940 +1999

 

Milha

Paulette

*1960 +1993

 

Gaudêncio

Ivon Cury

*1928 +1995

 

Bill Bebes

Geraldo Alves

*1935 +1993

 

Seu Simões

Carvalhinho

*1927 +2007

 

Rui Barbosa Sá Silva

José Vasconcelos

*1926 +2011

 

Simplício Carneiro

Robert Roney

*1939 +2010

 

Pedro Pedreira

Francisco Milani

*1936 +2005

 

Waldemar Motta

Colé Santana

*1919 +2000

 

Pedro Vaz Caminha

Luiz Carlos Tourinho

*1964 +2008

 

Dona Escolástica

Lupe Gigliotti

*1927 +2010

 

George Savalles

Carequinha

*1915 +2006

 

Filho de Dom Corleone

Alexandre Marques

*1957 +1996

 

Dom Corleone

Alfredo Murphy

*1929 +1993

 

Natanael

Arthur Costa Filho

*1927 +2003

 

Professor Eteovaldo

Dary Reis

*1926 +2010

 

Dona Ofélia

Estellita Bell

*1911 +2005

 

Atanagildo

Milton Carneiro

*1923 +1999

 

Mazarito

Costinha

*1923 +1995

 

Diretor Xavier

Luís Delfino

*1921 +2005

Porteiro Belzonte

Silveirinha

*1923 +2012

 

CURTA A NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Curto

3 comentários sobre “Atores e humoristas da ‘Escolinha do Professor Raimundo’ que já Morreram

  1. A Velha Estratégia de um Derrotado e a Religião Nominal!
    “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal”. Gen.3:5
    No grande conflito dos séculos, o diabo repetirá a mesma estratégia. Levará a humanidade a pensar que Deus não pode estar preocupado com “simples detalhes”, esquecendo que o que realmente está em jogo não são “detalhes”, mas a adoração e a obediência que somente Deus merece.
    A obediência é importante para Deus porque o ser humano é importante. Deus leva a sério a obediência porque Ele ama o ser humano e conhece o estrago que a desobediência gera no caráter e nos relacionamentos do homem.
    Mas o ser humano ficou entusiasmado diante da possibilidade de tornar Deus descartável. Fascinou lhe a ideia de ser ele o próprio deus. É o que lemos no versículo acima citado em itálico.
    Esse é o início da tentativa do homem de romper o seu limite de criatura e tornar se divino. E a história é a mesma hoje, Essa passagem bíblica, tão antiga quanto pareça ser, evidencia o modo como age e pensa o homem moderno. Deus passa a ser apenas um objeto de discussão e deixa de ser o Supremo Comandante da vida.
    Nos países sul americanos, como o nosso, 99% da população dizem acreditar em Deus, mas apenas 59% leram alguma vez qualquer passagem da Bíblia, e menos de 40% frequentam regularmente uma igreja. Esse é o tipo de Deus que a serpente queria: apenas um Deus de nome, com quem o homem se relacionasse sem nenhum compromisso.
    Ao longo dos séculos, o inimigo (diabo, Satanás) usou de diferentes instrumentos humanos para abalar a soberania divina. Karl Marx, para quem a religião era “o ópio do povo”; Sigmund Freud, que considerava a fé uma expressão da infantilidade; Charles Darwin, que buscou as raízes da origem humana na figura ridícula de um suposto ancestral símio; e Friedrich Nietzche, que teve a ousadia de decretar a “morte de Deus”.
    E o que dizer do racionalismo, que levou o ser humano a endeusar sua própria capacidade de filosofar? Ou da tecnologia, que envolve o homem com tantas maravilhas como o computador, o telefone celular altamente sofisticado, os aviões a jato e as viagens espaciais, fazendo-o concluir que Deus pode ser dispensável?
    Precisa o homem buscar a Deus neste século de tanta tecnologia? Essa é a grande pergunta que o ser humano faz a si mesmo. E fica confuso, que corre de um lado para outro tentando encontrar respostas. Vale a pena adorar a Deus? É preciso prestar atenção à Bíblia? Pode um livro tão antigo ter respostas para as inquietudes modernas?
    Realmente amigos leitores, o inimigo (o derrotado) consegui desestabilizar a confiança do homem em Deus e, juntamente com estes dois assuntos vitais – adoração e obediência – a serpente levantou um terceiro ponto: “Não morrereis”. “Deus disse que se vocês comessem desta árvore certamente morreriam, mas não é verdade.” – continuou a serpente – “A morte não é o fim da existência; é apenas a passagem para outro tipo de vida. Você pode reencarnar depois de morto. Ou pode chamar os espíritos dos mortos e conversar com eles.” Grande Mentira e Engano!
    Não são ideias fascinantes? Sim, meu amigo, este é um mundo em guerra. Há duas forças tentando conquistar o coração humano. Deus disse “morrereis”. O diabo contradisse: “se comerdes, sereis como Deus”. Existem duas forças e você está no meio delas. Seu coração e sua mente são o objetivo final de ambos os comandantes. A guerra começou no Céu e foi transladada para a Terra; e queiramos ou não, você e eu estamos envolvidos. Não há como fugir dela. Não há como manter se indiferente. Precisamos colocar-nos de um lado ou de outro. Que estejamos certos de nossa total dependência de Deus e reconheçamos que sem Ele somos menor que um grão de mostarda!
    Por: Ademar da Silva Campos
    Em 15/02/2014

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s